Sete perguntas a Carlos Costa

/ 82 leituras
CARLOS Costa é natural da freguesia de Cedofeita e vive nos dias de hoje em Paranhos, no Porto. Nos últimos anos vem desempenhando vários papéis no mundo do teatro e da performance. Este ano...

Sete perguntas a Marília Miranda Lopes

/ 176 leituras
MARÍLIA Miranda Lopes nasceu no Porto, onde atualmente reside durante o período em que exerce a actividade de professora do 3.º ciclo e Ensino Secundário, regressando depois ao centro de Vil...

Sete perguntas a Gil Nunes

/ 386 leituras
GIL Nunes nasceu na Madalena, Vila Nova de Gaia, onde continua a viver e a trabalhar na área da comunicação social. Publicou quatro contos e quatro romances. Revela que, com excepção dos con...

Sete perguntas a Rui Castro

/ 213 leituras
RUI Castro nasceu em Mafamude, no concelho de Vila Nova de Gaia. Vive agora do outro lado do rio Douro, na freguesia de Massarelos, Porto. Fez o percurso académico repartido entre estas duas...

Sete perguntas a Saguenail

/ 303 leituras
SAGUENAIL (Serge Abramovici) nasceu em Paris e vive há muitos anos na freguesia do Bonfim, Porto. Foi professor e pratica como amador o cinema e a escrita literária. O lugar onde vive é-lhe ...

Sete perguntas a Filipa Santos Sousa

/ 1029 leituras
FILIPA Santos Sousa nasceu em Vale de Cambra, onde fez o secundário, depois frequentou a Universidade do Minho, em Braga, a seguir estagiou no Porto, foi trabalhar para Lisboa como jornalist...

Sete perguntas a Clara Não

/ 1457 leituras
CLARA Não é ilustradora, designer, escritora e artista urbana, licenciada pela Faculdade de Belas Artes do Porto. Nasceu e vive no Porto, mais propriamente no Bonfim (uma vila dentro da cida...

Sete perguntas a Paulo José Borges

/ 548 leituras
PAULO José Borges nasceu na freguesia da Sé e viveu quase 30 anos na do Bonfim, no Porto, até se transferir para a freguesia de Santa Marinha, em Vila Nova de Gaia. É professor de português ...

Sete perguntas a Sofia Moraes

/ 1064 leituras
SOFIA Moraes é professora de português. Nasceu na freguesia de Cedofeita, Porto, tendo vivido sempre próximo do centro histórico, o que influenciou o seu modo de estar no mundo e, logo, os s...

Sete perguntas a Regina Gouveia

/ 668 leituras
REGINA Gouveia nasceu no Brasil donde veio com dois anos para a aldeia de Parada, Alfândega da Fé. Formou-se em Físico-Químicas na Universidade do Porto, onde atualmente vive, e lecionou dur...

Sete perguntas a Regina Guimarães

/ 1038 leituras
REGINA Guimarães está no Porto (ia escrever é do Porto, mas corrigi a tempo), como já esteve noutros lugares. Naqueles espaços físicos foi vivendo e vive o seu dia a dia, à semelhança de tod...

Sete perguntas a Rosália Lopes

/ 640 leituras
ROSÁLIA Lopes nasceu em Santo Tirso, mas hoje vive Aver-O-Mar, na Póvoa de Varzim. O campo fascina-a, mas é sobretudo o mar que a contagia. Desde criança que um sonho a persegue: escrever!.....

Sete perguntas a José Soares Martins

/ 816 leituras
JOSÉ Soares Martins é professor e poeta (foi letrista dos Jafumega). Atualmente vive na Maia. Diz que há três cidades que o marcaram muito: Lisboa, Porto e Santiago de Compostela (Galiza). D...

Sete perguntas a Nádia Pereira

/ 1399 leituras
NÁDIA Pereira nasceu, cresceu e vive em Mafamude, Vila Nova de Gaia. As oportunidades que a cidade lhe tem oferecido no mundo da cultura, condicionaram, positivamente, as suas opções profiss...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Rui Rio (1957)

Ich weiss nicht, was sie sagen" ("Não sei do que falam").

Rota das Pirâmides

O EXÓTICO é um desejo; uma máquina de sedução; um domínio geo-semântico que designa um território imenso e quente, desconfinado, longínquo e incerto onde existem coisas estereotipadas, espécie de adereços e ambiências como o cheiro das especiarias, as trovoadas tropicais, as araras, as odaliscas, as palmeiras, os batuques, os camelos, e as pirâmides, por exemplo. O exotismo alimenta-se da nostalgia, do espaço e do tempo, como memória de uma idade de ouro em paragens remotas e tempos perdidos. Depois de Napoleão ter regressado a França após a Batalha das Pirâmides e se terem difundido as his...

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 610 leituras
O telemóvel é um meio de incomunicação?