Verseto XV

/ 790 leituras
Ganhar tempo – para terminar rapidamente, para terminar dentro do prazo. Sim, ganhar tempo, mas, desgraçadamente, para ser escravo do tempo. * Gagner du temps – pour terminer rapidement, p...

Verseto XIV

/ 824 leituras
Não é que as folhas de calendário se assemelham às grades de uma prisão?  * Ça alors! les feuilles du calendrier ressemblent aux grilles d’une prison. Texto de João Pedro Mésseder, trad...

Verseto XIII

/ 976 leituras
O tempo e o vento… Libertai o vento desta velha metáfora, libertai o vento do tempo… * Le temps et le vent… Libérez le vent de cette vieille métaphore, libérez le vent du temps… Texto d...

Verseto XII

/ 871 leituras
Quando se fala em pontualidade britânica, partir-se-á do princípio de que existe uma pontualidade mediterrânica, outra africana, outra dos povos da Oceânia e por aí fora? Considerar-se-á tam...

Verseto XI

/ 816 leituras
O tempo é um quebra-móveis e um quebra-imóveis. * Le temps est un brise-meubles et un brise-immeubles. Texto de João Pedro Mésseder, tradução de MLP, JPM, JO, revisão de DG / CNA e ilus...

Verseto X

/ 898 leituras
O tempo não passa, é o corpo que passa, são os seres e as coisas que passam. * Le temps ne passe pas, c’est le corps qui passe, ce sont les êtres et les choses qui passent. Texto de Joã...

Verseto IX

/ 970 leituras
Horário – não, não é uma invenção calvinista. * Emploi du temps – non, ce n’est pas une invention calviniste.   Texto de João Pedro Mésseder, tradução de MLP, JPM, JO, revisão d...

Verseto VIII

/ 885 leituras
Há o que pensa : O tempo não nos pertence, somos nós que pertencemos ao tempo. E há o outro que pensa: O meu tempo pertence-me, sou eu que faço o meu tempo. * Il y a celui qui pense : Le ...

Verseto VII

/ 905 leituras
Não era o tempo o que a fiel Penélope enganava ao tecer e destecer o sudário de Laertes, mas sim os pretendentes à sua mão de rainha. * Ce n’était pas le temps ce que la fidèle Penelope tr...

Verseto VI

/ 815 leituras
Eu recordo, eu esqueço, eu conto, eu recito, eu imagino… É assim que conjugo o tempo… * Je me souviens, j’oublie, je raconte, je récite, j’imagine… C’est comme ça que je conjugue le temps....

Verseto V

/ 843 leituras
Do alto da casa do presente ele olhava a casa em chamas de antanho e também o telhado da casa do futuro, um telhado coberto de cinzas que o vento trazia do passado. * Du haut de la maison ...

Verseto IV

/ 837 leituras
Não é o tempo que foge, é o corpo que tenta fugir do tempo, sem o conseguir. * Ce n’est pas le temps qui s’enfuit, c’est le corps qui essaie de s’enfuir du temps sans y arriver. Texto d...

Verseto III

/ 792 leituras
Há quanto tempo começou o tempo a preocupar-te? Quero dizer: a questão do tempo. Lembras-te do tempo em que nem sequer tempo tinhas para no tempo pensar? * Depuis quand le temps a-t-il com...

Verseto II

/ 945 leituras
Quando ele dizia : «Perdes o teu tempo», ela pensava sempre: Não, eu ganho tempo… E continuava a pensar e a tecer a sua escrita. * Quand il disait : « Tu perds ton temps », elle pensait to...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Manuel Pizarro (1964)

TEMOS uma posição na fachada atlântica altamente privilegiada para nos podermos afirmar como dos grandes players europeus do sector das pescas. Mas não basta. Temos de trabalhar em medidas e instrumentos que tornem esta atividade mais atrativa.

Maxilar deslocado

Desde que os humanos investem nas suas cabanas e abrigos pouco primitivos, têm vindo a aumentar e a diversificar-se o número de próteses domésticas que tornam os espaços habitáveis, confortáveis e usáveis para os mais diversos e inesperados fins.

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 902 leituras
Antes de haver telemóvel, como é que as pessoas incomunicavam?