Lacrimosa

/ 303 leituras
O AMBIENTE bafiento da venda contrastou com a chuva ininterrupta deixada além da porta, o olhar fastidioso dos homens transformou-se com a notícia, a aguardente lavou os copos de vinho para ...

Uma ilha

/ 240 leituras
O CAIS aparecia como uma construção artificial, um apêndice acrescentado ao mar, rocha regularizada pelo betão armado. A turista recostou-se na cadeira de plástico colorido, apanágio da espl...

Casa e terreno

/ 460 leituras
OS outros também somos nós, elevou o tom de voz e repetiu a frase, duas vezes. A turma não se manifestou. A apatia do grupo serviu apenas para aumentar o tom da reprimenda, sabiam-no, mas co...

Eterno retorno

/ 135 leituras
QUANDO as rodas do avião tocaram a pista, os passageiros aplaudiram, houve euforia. O piloto repetiu as palavras protocolares próprias do final da viagem mas perderam-se na azáfama dos que a...

Omeletes sem ovos

/ 414 leituras
OLHOU o céu, deitado de costas, na areia da praia, chão firme. O sol desapareceria dali a pouco tempo, teria de pôr-se a caminho de casa, quando a noite caísse a canada tornar-se-ia quase in...

Isto não é a América

/ 481 leituras
NO HORIZONTE azul e cinzento, confirmou, nada de novo; não se sentiu tocada pelo desaparecimento do astro rei, a maresia não despertou recordações pueris, nem os sons distintos dos cagarros ...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Rui Rio (1957)

Ich weiss nicht, was sie sagen" ("Não sei do que falam").

Rota das Pirâmides

O EXÓTICO é um desejo; uma máquina de sedução; um domínio geo-semântico que designa um território imenso e quente, desconfinado, longínquo e incerto onde existem coisas estereotipadas, espécie de adereços e ambiências como o cheiro das especiarias, as trovoadas tropicais, as araras, as odaliscas, as palmeiras, os batuques, os camelos, e as pirâmides, por exemplo. O exotismo alimenta-se da nostalgia, do espaço e do tempo, como memória de uma idade de ouro em paragens remotas e tempos perdidos. Depois de Napoleão ter regressado a França após a Batalha das Pirâmides e se terem difundido as his...

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 611 leituras
O telemóvel é um meio de incomunicação?