Cerejais

/ 727 leituras
Primeiro o alimento da paisagem em flor. (O ritual da terra...

Moura Morta

/ 1075 leituras
Texto de Óscar Possacos e ilustração de Alexandre Morais

Penso

/ 1404 leituras
Texto de Óscar Possacos e ilustração de Alexandre Morais

Olhos de Água

/ 194 leituras
Como claustros inundados, até às cúpulas, rasos como go...

Chãos velhos

/ 250 leituras
Correm sangues novos nas dobras da idade, na revolução dos pousios do mundo. Por Óscar Possacos

Atei

/ 188 leituras
Pretérito // (imperfeito) // de liberdade. Por Óscar Possacos

Palhaça

/ 139 leituras
Há um aguaceiro trágico nesta palavra, feita de escamas de...

Luz

/ 222 leituras
Que explica a forma com sombras e conforma a cor: enquan...

Rio Ovelha

/ 777 leituras
Rês tresmalhada da sede. Texto de Óscar Possacos e ilustr...

Gralhas

/ 737 leituras
Quando aves, em terrenos de duas folhas no voo ou em pousi...

Entre-os-Rios

/ 878 leituras
Numa espécie de península, escoa a quase quieta incorporaçã...

Entroncamento

/ 377 leituras
De caminhos-de-ferro e de outros caminhos etéreos no descam...

Lavandeira

/ 261 leituras
Com o esmero das paisagens engolem a tábua das matérias ...

Cabril

/ 380 leituras
Seguem o caminho das ribanceiras, o alcance dos bairros, a...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Jorge Nuno Pinto da Costa (1937)

PARA o FC Porto, terminar imediatamente o campeonato até podia ser positivo, tanto ao nível desportivo como financeiro.

Rua da Estrada da Paragem

Texto e foto de Álvaro Domingues

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 840 leituras
As árvores de Natal já nascem iluminadas?