Frei Bernardo Domingues (1931-2019)

/ 14 leituras
Frei Bernardo Domingues, da Ordem dos Pregadores (Dominicanos) faleceu esta sexta-feira, no Porto, com 87 anos. O corpo estará a partir das 15h00 desta sexta-feira na Igreja Paroquial de ...

José Queirós (1951-2019)

/ 33 leituras
MORREU José Queirós, um dos fundadores do Público e provedor dos leitores no jornal. Tinha 67 anos. O jornalista não resistiu a um cancro na noite de quinta para sexta-feira. A carreira d...

Raimundo Delgado (1951-2019)

/ 45 leituras
RAIMUNDO Moreno Delgado, antigo Diretor e Professor Catedrático Aposentado do Departamento de Engenharia Civil da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), faleceu esta quinta...

In memoriam 2018

/ 118 leituras
NO ANO 2018 deixaram-nos, entre outros: José Amorim; Joaquim Sarmento; Antero de Alda; Rui Osório; Albano Martins; Fernando Guedes; Amândio Secca; Altino do Tojal; João Semedo; António Alves...

Fernando Aroso (1921-2018)

/ 175 leituras
O FOTÓGRAFO Fernando Aroso, de 97 anos, morreu na segunda-feira (01-10-2018) à noite num hospital do Porto, disse esta terça-feira à agência Lusa fonte do Teatro Experimental do Porto (TEP),...

Fernando Fernandes (1934-2018)

/ 159 leituras
CHAMARAM-LHE “o Sr. Livro”, “o poeta do livro”, e Agustina Bessa-Luís considerou-o mesmo "o maior dos livreiros de Portugal”. Mário Cláudio não tem dúvidas de que ele foi “o último grande li...

Nuno Silva (1977-2018)

/ 246 leituras
MORREU, na madrugada desta terça-feira, o nosso camarada Nuno Silva, jornalista da secção da Justiça, onde trabalhava há cerca de uma década. Nuno Silva, de 41 anos, entrou para o Jorna...

Francisco Barata Fernandes (1950-2018)

/ 217 leituras
O ARQUITETO Francisco Barata Fernandes, responsável pela reabilitação da praça da Cadeia da Relação, no Porto, morreu na quinta-feira, aos 67 anos, vítima de doença súbita, revelou, esta sex...

António Alves Vieira (1987-2018)

/ 249 leituras
ATOR de profissão, António era ativista LGBTI, impulsionador da Marcha do Orgulho LGBT do Porto e militante da luta pelos direitos laborais dos artistas do espetáculo e por uma outra polític...

João Semedo (1951-2018)

/ 175 leituras
MILITANTE comunista contra a ditadura, defendeu a renovação do PCP e encontrou no Bloco de Esquerda o espaço de intervenção capaz de mudar a política portuguesa. “Tive a vida que escolhi, a ...

Altino do Tojal (1939-2018)

/ 148 leituras
O ESCRITOR e jornalista Altino do Tojal morreu no domingo à noite, aos 78 anos, em Brunhais, Póvoa de Lanhoso, distrito de Braga, disse esta segunda-feira à Lusa fonte da família, acre...

Amândio Secca (1925-2018)

/ 251 leituras
A COOPERATIVA Árvore divulgou, esta segunda-feira, a notícia da morte do seu presidente, Amândio Secca, recordando-o como um homem que fez da sua vida uma luta pela liberdade, cultura, artes...

Fernando Guedes (1930-2018)

/ 246 leituras
SE havia um momento nas rotinas de Fernando Guedes que lhe davam especial prazer era quando passava pelas salas de provas, quando tinha de caminhar pela imensidão das vinhas da Sogrape...

Albano Martins (1930-2018)

/ 279 leituras
O POETA e tradutor Albano Martins, autor de uma extensa obra lírica, marcada pela contenção expressiva e por uma discreta musicalidade, morreu esta quarta-feira, aos 87 anos, no Hosp...

Tabuleta Digital

Sete Perguntas

Vai no Batalha

Marco Martins (1978)

Considerando o pedido de vários colegas presidentes de Câmara, incluindo do próprio presidente da AMP, deixo a decisão de demissão para o coletivo na próxima reunião do Conselho Metropolitano, desde que me sejam dadas condições e carta-branca para trabalhar.

Rua da Estrada da Vacaria

SE PERGUNTAREM o que é paisagem, pode-se responder que é o que resulta da paisagificação de uma determinada actividade ou actividades. Esta é uma paisagem bovina. Pela berma da estrada vai um alinhamento de pedras de dois feitios: umas de muros que havia a bordejar os campos para que os animais racionais e irracionais não fossem para lá calcar, comer ou roubar coisas e pastar em casa alheia; outras, ao alto, seriam postes para segurar as latadas de vinha quando se fazia vinho no tempo em que cada um produzia um pouco de tudo para seu sustento. Entre umas e outras há postes de electricidade e t...

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 621 leituras
As ruas da amargura são sempre a descer?