Avelino Ferreira Torres (1945-2019)

/ 53 leituras
AVELINO Ferreira Torres morreu, esta terça-feira, no Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, em Penafiel. Tinha 74 anos. Estava internado há cinco dias. O antigo autarca do Marco de Canaveses ...

Manuel Ferreira de Oliveira (1948-2019)

/ 39 leituras
MANUEL de Oliveira, antigo Professor Catedrático da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e atual membro do Conselho de Curadores da U.Porto, faleceu este sábado, dia 5 de ...

Luís Mourão (1960-2019)

/ 204 leituras
QUANDO nos damos conta, é sempre demasiado tarde. Adiamos a carta, a mensagem, o telefonema, o encontro, hoje, amanhã, depois de amanhã, uma e outra vez. Por pudor, por incúria, por preg...

Aureliano Veloso (1924 – 2019)

/ 168 leituras
AURELIANO Capelo Veloso, filho de Manuel Pires Veloso e de Piedade Capelo Cardoso, professores do Ensino Básico, nasceu na freguesia de Folgosinho, em Gouveia, a 25 de fevereiro de 1924 e fa...

Agustina Bessa-Luis (1922-2019)

/ 194 leituras
A ESCRITORA Agustina Bessa-Luís morreu domingo, no Porto. Estava doente há mais de uma década, na sequência de um AVC, que a retirou da vida pública. O corpo vai estar em câmara ardente a p...

Maria Alberta Menéres (1930-2019)

/ 260 leituras
MORREU esta segunda-feira a escritora e antiga jornalista, Maria Alberta Menéres, aos 88 anos. Natural de Vila Nova de Gaia, Maria Alberta Menéres é autora de uma vasta obra poética. O an...

Homenagem ao professor Adão Campos (1964-2016) no Dia Mundial da Poesia

/ 4585 leituras
NASCI em Rebordosa (Paredes) e fui viver para Valongo com poucos meses de idade. Só ia a Rebordosa nas férias da escola. Até à adolescência era o paraíso na terra. O Adão Campos (1964-2016) também era natural de lá, onde sempre viveu até ser adulto.

Frei Bernardo Domingues (1931-2019)

/ 277 leituras
Frei Bernardo Domingues, da Ordem dos Pregadores (Dominicanos) faleceu esta sexta-feira, no Porto, com 87 anos. O corpo estará a partir das 15h00 desta sexta-feira na Igreja Paroquial de ...

José Queirós (1951-2019)

/ 184 leituras
MORREU José Queirós, um dos fundadores do Público e provedor dos leitores no jornal. Tinha 67 anos. O jornalista não resistiu a um cancro na noite de quinta para sexta-feira. A carreira d...

Raimundo Delgado (1951-2019)

/ 230 leituras
RAIMUNDO Moreno Delgado, antigo Diretor e Professor Catedrático Aposentado do Departamento de Engenharia Civil da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), faleceu esta quinta...

In memoriam 2018

/ 239 leituras
NO ANO 2018 deixaram-nos, entre outros: José Amorim; Joaquim Sarmento; Antero de Alda; Rui Osório; Albano Martins; Fernando Guedes; Amândio Secca; Altino do Tojal; João Semedo; António Alves...

Fernando Aroso (1921-2018)

/ 292 leituras
O FOTÓGRAFO Fernando Aroso, de 97 anos, morreu na segunda-feira (01-10-2018) à noite num hospital do Porto, disse esta terça-feira à agência Lusa fonte do Teatro Experimental do Porto (TEP),...

Fernando Fernandes (1934-2018)

/ 302 leituras
CHAMARAM-LHE “o Sr. Livro”, “o poeta do livro”, e Agustina Bessa-Luís considerou-o mesmo "o maior dos livreiros de Portugal”. Mário Cláudio não tem dúvidas de que ele foi “o último grande li...

Nuno Silva (1977-2018)

/ 421 leituras
MORREU, na madrugada desta terça-feira, o nosso camarada Nuno Silva, jornalista da secção da Justiça, onde trabalhava há cerca de uma década. Nuno Silva, de 41 anos, entrou para o Jorna...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Rui Rio (1957)

As pessoas que durante um ano e tal andaram a procurar destruir o partido, a destruir a minha liderança, a destruir a direção nacional, fizeram tudo o que estava ao seu alcance para isso, e chegar à última da hora [para] aparecer e dizer que dão um grande apoio é uma situação hipócrita.

Rota das Pirâmides

O EXÓTICO é um desejo; uma máquina de sedução; um domínio geo-semântico que designa um território imenso e quente, desconfinado, longínquo e incerto onde existem coisas estereotipadas, espécie de adereços e ambiências como o cheiro das especiarias, as trovoadas tropicais, as araras, as odaliscas, as palmeiras, os batuques, os camelos, e as pirâmides, por exemplo. O exotismo alimenta-se da nostalgia, do espaço e do tempo, como memória de uma idade de ouro em paragens remotas e tempos perdidos. Depois de Napoleão ter regressado a França após a Batalha das Pirâmides e se terem difundido as his...

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 504 leituras
Quem cobre todas as propostas evita resfriados?