Ao desafio com Carlos Costa

/ 169 leituras
As afeições densificam.

Ao encontro de Fernando Echevarría

/ 407 leituras
Entrevista: Paulo Moreira Lopes | José Manuel Teixeira da Silva Fotografia: João Paulo Coutinho

Ao encontro de Fernando Guimarães

/ 435 leituras
Entrevista: Paulo Moreira Lopes | José Manuel Teixeira da Silva Fotografia: João Paulo Coutinho

Ao desafio com Luís Filipe Cunha

/ 789 leituras
Nunca me deixei levar por sentimentos muito extremos como a revolta, mas também estou longe de encarar a minha cegueira com resignação ou passividade.

A. Dasilva O. à chegada de Guadalajara

/ 681 leituras
António da Silva Oliveira, (também conhecido por A. Dasilva O.) apanhado em flagrante no aeroporto do Porto vindo da Feria Internacional del Libro de Guadalajara

Canções do Ar e das Coisas Altas por João Pedro Mésseder

/ 332 leituras
As raízes da terra da imaginação estão sempre no solo.

Ao desafio com Emerenciano

/ 976 leituras
Quem não cresce para dentro não cresce para fora, isto é, não pensa dentro para ser fora em função de dentro e dentro em função de fora.

Ao desafio com Carlos Bonaparte

/ 665 leituras
Como tudo nesta vida, não há só o lado bom, nem só o lado mau. Ser cego também. E a grande vantagem é poder viver com os outros 4 sentidos.

Ao desafio com Clemente Padin

/ 1138 leituras
A utopia é um caminho cujo fim é o próprio caminho

Ao desafio com Fernando Aguiar

/ 1803 leituras
Toda a arte é um inutensílio, excepto a que dá dinheiro.

Ao desafio com Óscar Possacos

/ 2147 leituras
Não é possível libertar aquilo que é livre.

Ao desafio com Paulo Stocker

/ 1087 leituras
Brinco de ser sério, levo a sério a brincadeira.

Efeitos especiais de João Manuel Ribeiro e Paulo Stocker

/ 1502 leituras
A poesia (escrita e desenhada) não tem língua (comprida). É uma linguagem universal!(?)

Ao desafio com Domingos Loureiro

/ 1293 leituras
Uma pintura minha termina quando já não consigo ter influência na imagem.

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Manuel Pizarro (1964)

NÓS gostaríamos que no próximo ano pudesse haver uma avaliação a esta medida e pudesse haver a ponderação de um alargamento ainda maior (…). A bitola que na cidade do Porto os jovens até aos 18 anos pudessem ter transportes públicos gratuitos, parece-nos uma bitola que talvez seja financeiramente sustentável. 

Rua da Estrada do Mercado da Arte

APESAR de ser acrílico sobre tela, a arte das valetas pode não ser o género mais apreciado nos meios críticos e comerciais do campo da arte. Ainda que muitos se lembrem que em Paris, nas margens do distintíssimo rio Sena, desde há muito que havia muita arte e artista de rua e de domingo que podia passar para os salões da arte das altas culturas, a verdade é que a N15 não passa em Paris. É pena. Têm mais sorte os rabiscos nas paredes a que chamam graffitis, mesmo que lhes falhe completamente a estética e a política; a primeira, de tão vulgares e desinteressantes que são; a segunda, por lhe f...

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 732 leituras
As nuvens têm dono?