PALAVRAS VIVAS I

/ 527 leituras
MEMÓRIA descritiva: CILINDRO: o O passa a círculo com um ponto branco no interior, depois passa por cima das restantes letras e estas ficam numa linha; ESPAÇO: entre o P e o A abre-s...

PALAVRAS VIVAS IV

/ 517 leituras
MEMÓRIA descritiva: PRETO: depois de escrita a palavra o fundo fica de cor preta; CADEIRA: Saem todas as letras exceto o R, cuja cara desaparece, ficando a parte restante da letra (p...

PALAVRAS VIVAS V

/ 566 leituras
MEMÓRIA descritiva: TRANSPARENTE: depois de escrita a palavra ela fica de cor cinzenta igual ao fundo; ÓCULOS: o U+L+S saem e ficam só O+C+O, sendo que o C roda 90º, formando a imagem ...

PALAVRAS VIVAS VI

/ 508 leituras
MEMÓRIA descritiva: CAFÉ: o E passa a ter quatro acentos, primeiro agudo, depois grave, agudo e por fim grave, apagando-se e acendendo-se de baixo para cima; PONTO: saem PONT, e o in...

PALAVRAS VIVAS VII

/ 522 leituras
MEMÓRIA descritiva: VÍRGULA: o acento agudo voa por cima da palavra até assentar ao lado do A (parecido com FIM); CRUZ: o Z transforma-se em X; METADE: depois de escrita toda a palav...

PALAVRAS VIVAS VIII

/ 520 leituras
MEMÓRIA descritiva: COPO: o primeiro O desce para debaixo do P que perde a cabeça e fica só com a haste, enquanto o C, rodando 90º em sentido contrário ao dos ponteiros do relógio, c...

PALAVRAS VIVAS XXV da AGITAR e do Centro Social da Sé

/ 630 leituras
MEMÓRIA descritiva: APRENDER: ao contrário do habitual, a palavra aparece de imediato e na sua totalidade, mas desfocada, indo progressivamente ganhando nitidez; BENGALA: saem as let...

PALAVRAS VIVAS XXIV da AGITAR e do Centro Social da Sé

/ 715 leituras
MEMÓRIA descritiva: APOIAR: depois de escrita a palavra, as letras afastam-se umas das outras, após uma pequena pausa, juntam-se novamente ficando muito próximas; ENVELHECER: sai o m...

PALAVRAS VIVAS XVI

/ 530 leituras
MEMÓRIA descritiva: CÃO menos DONO é igual a VADIO; CASAMENTO a dividir por DESILUSÃO é igual a DIVÓRCIO com resto DOR; CORRER a multiplicar por HORAS é igual a MARATONA; RIO mais BA...

PALAVRAS VIVAS XVIII

/ 609 leituras
MEMÓRIA descritiva: ACORDAR: o A e o C sobem para cima do O; AJOELHAR: depois de escrita a palavra o segundo A passa para debaixo do R, o H para debaixo do A, o L para debaixo do H e...

PALAVRAS VIVAS XIX

/ 551 leituras
MEMÓRIA descritiva: ABADE: a barriga inferior do B cresce; FISSURA: desaparece um dos S; CÉLERE: depois de escrita a palavra esta sai muito rapidamente pelo lado direito da caixa; DE...

PALAVRAS VIVAS XX

/ 568 leituras
MEMÓRIA descritiva: ADORMECER: primeiro apaga-se o A, depois a DOR, a seguir o ME e por fim o CER(1) ; FUGIR: cada uma das letras foge para seu lado; MERGULHAR: a palavra inclina-se ...

PALAVRAS VIVAS XXI

/ 504 leituras
MEMÓRIA descritiva: ZERO: sai o Z, o E e o R e fica só o O; DOIS: sai o D, o O e o I, sendo que o S inverte-se (roda para a esquerda); TRÊS: sai o T, o R e o S, ficando o E sem acent...

PALAVRAS VIVAS XXIII

/ 533 leituras
MEMÓRIA descritiva: ANDOR: o A passa para cima da DOR enquanto o N se duplica, ficando um debaixo do D e outro do R, saindo o conjunto de modo lento pelo lado direito da caixa; CONTR...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Rui Moreira (1956)

NÃO escondo que me desgosta que o país não tenha mais meios do que aqueles que aloca ao combate a este flagelo [tráfico de droga]. Desgosta-me, posso protestar indignado, mas não pode a câmara fazer nada mais do que já faz.

Rua da Estrada da estrada

AS estradas que vão pelas cotas altas das encostas têm larguezas de vistas que nem se imagina. Sigam-se as instruções: onde aparecerem placas a dizer Estrada, certifique-se que essas larguezas de vistas estão mesmo lá; de seguida, procure-se um local bom para paragem (dantes havia uns sinais muito lindos com a silhueta das camionetas da carreira) e pare-se olhando a encosta da outra banda. Chegou o momento da contemplação. Use-se um bom produto para clarear o humor vítreo, a córnea, a pupila e o resto da tralha de ver, e mantenham-se as pálpebras bem abertas. Pode fotografar, desenhar ou or...

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 437 leituras
Quantas freguesias tem uma câmara de ar?