Erva benta

/ 139 leituras
Vive nas nuvens Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro. SOBRE O AUTOR: Francisco Duarte Mangas (Rossas, 1960) foi professor três anos e jornalista durante...

Orvalho

/ 132 leituras
As ervas vaidosas acordam com os seus diamantes. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro. SOBRE O AUTOR: Francisco Duarte Mangas (Rossas, 1960) foi profes...

Maio

/ 186 leituras
A paixão das rãs incendeia a tarde. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro. SOBRE O AUTOR: Francisco Duarte Mangas (Rossas, 1960) foi professor três anos...

Manhã

/ 129 leituras
Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro.

Ervado

/ 145 leituras
Jardim por barbear. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro. SOBRE O AUTOR: Francisco Duarte Mangas (Rossas, 1960) foi professor três anos e jornalista du...

Buganvília

/ 190 leituras
Enternece a labareda da buganvília a alastrar no muro branco. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro. SOBRE O AUTOR: Francisco Duarte Mangas (Rossas, 19...

Grão-de-bico

/ 257 leituras
E não sabe cantar. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro. SOBRE O AUTOR: Francisco Duarte Mangas (Rossas, 1960) foi professor três anos e jornalista dur...

Ervilha-de-cheiro

/ 289 leituras
Em que língua existe palavra a trepar assim colorida? Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro. SOBRE O AUTOR: Francisco Duarte Mangas (Rossas, 1960) foi ...

Erva

/ 215 leituras
Um vocábulo verde, muito verde, no meio do inverno Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro.

Inverno

/ 333 leituras
No breve vocabulário da infância pode ser palavra branca ou uma magnólia a florir. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro. SOBRE O AUTOR: Francisco Dua...

Herbário

/ 294 leituras
Que a dúvida não floresça: herbário não é parente do camelo. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro. SOBRE O AUTOR: Francisco Duarte Mangas (Rossas, 1960) fo...

Jasmim

/ 260 leituras
Pronome pessoal bem cheiroso. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro. SOBRE O AUTOR: Francisco Duarte Mangas (Rossas, 1960) foi professor três anos e jornali...

Água

/ 290 leituras
Umas vezes inunda os sonhos da erva outras vezes leva o pesadelo até à extrema secura. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro. SOBRE O AUTOR: Francisco Du...

Azeitona

/ 329 leituras
Joaninha luzidia, não sabe voar Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro. SOBRE O AUTOR: Francisco Duarte Mangas (Rossas, 1960) foi professor três anos e jorna...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Manuel Pizarro (1964)

AGORA, em vez de se tentar encontrar um regime de arrendamento equilibrado, entre o senhorio e o arrendatário, resolveram romper esse equilíbrio, colocando os arrendatários individuais no arrendamento habitacional e os arrendatários industriais e comerciais no arrendamento não habitacional, completamente à mercê do senhorio.

Rua da Estrada da estrada

AS estradas que vão pelas cotas altas das encostas têm larguezas de vistas que nem se imagina. Sigam-se as instruções: onde aparecerem placas a dizer Estrada, certifique-se que essas larguezas de vistas estão mesmo lá; de seguida, procure-se um local bom para paragem (dantes havia uns sinais muito lindos com a silhueta das camionetas da carreira) e pare-se olhando a encosta da outra banda. Chegou o momento da contemplação. Use-se um bom produto para clarear o humor vítreo, a córnea, a pupila e o resto da tralha de ver, e mantenham-se as pálpebras bem abertas. Pode fotografar, desenhar ou or...

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 473 leituras
As portas do Paraíso têm campainha?