Cravo

/ 2911 leituras
Em que cor pensas quando digo cravo? Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro

Lúcia-lima

/ 1777 leituras
Casal pacífico; ninguém até hoje lhe conhece o mais pequeno desentendimento. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro. SOBRE O AUTOR: Francisco Duarte Mangas (Ros...

Rosmaninho

/ 1394 leituras
Rosnar ternurento. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro. SOBRE O AUTOR:Francisco Duarte Mangas (Rossas, 1960) foi professor três anos e jornalista durante quase...

Alecrim

/ 1349 leituras
O paraíso das joaninhas é, assim, aromático. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro.

Manjerico

/ 1258 leituras
Luminoso nome, cheira a madrugada. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro.

Limão

/ 1019 leituras
Tem irmã, bem mais divertida. Ele é um cavalheiro amargo. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata CarneiroSOBRE O AUTOR: Francisco Duarte Mangas (Rossas, 1960) foi professo...

Maçã

/ 983 leituras
O coração luminoso do mundo na manhã de outono. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro. SOBRE O AUTOR: Francisco Duarte Mangas (Rossas, 1960) foi professor t...

Feno

/ 946 leituras
Forma enxuta odorífera de sol feito pasto do gado. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro.

Regador

/ 916 leituras
Nostálgico artefacto, ora é nuvem no solo; ora chora abundantemente quando o levantam e inclinam sua mão para a terra. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro. ...

Abóbora-menina

/ 904 leituras
Filha adotiva do hortelão. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro. SOBRE O AUTOR:Francisco Duarte Mangas (Rossas, 1960) foi professor três anos e jornalis...

Inverno

/ 857 leituras
No breve vocabulário da infância pode ser palavra branca ou uma magnólia a florir. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro. SOBRE O AUTOR: Francisco Duar...

Cerejeira

/ 851 leituras
Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro.

Nuvem

/ 842 leituras
Comovido querubim não sabe conter a tristeza Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro SOBRE O AUTOR: Francisco Duarte Mangas (Rossas, 1960) foi professor três ...

Cebola

/ 833 leituras
Há coisas que nascem para nos fazer chorar. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro.

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Eduardo Vítor Rodrigues (1971)

NO início do próximo ano vamos avançar para projetos. A Câmara está empenhada e entusiasmada. O Monte da Virgem é extraordinário pela memória que encerra, é um pulmão verde e de grande interesse paisagístico.

Rua da Estrada do Invernadero

Por isso esta Rua da Estrada é tão exótica nas suas alternâncias de plástico, apartamentos turísticos, parques aquáticos, chiringuitos e rotundas com gerânios e buganvílias.

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 562 leituras
Sexo dos anjos é tema quente?