Regador

/ 1363 leituras
Nostálgico artefacto, ora é nuvem no solo; ora chora abundan...

Tangerineira

/ 572 leituras
Texto e ilustração de Francisco Duarte Mangas

Água

/ 1040 leituras
Umas vezes inunda os sonhos da erva outras vezes leva o p...

Prado

/ 1286 leituras
Que animais ao cair do dia pastam a verde palavra na imen...

Erva

/ 964 leituras
Um vocábulo verde, muito verde, no meio do inverno Te...

Alecrim

/ 2186 leituras
O paraíso das joaninhas é, assim, aromático. Texto de Fra...

Violeta

/ 794 leituras
Nas grandes paixões sempre existe um pequenino ramo de viole...

Amor-perfeito

/ 1240 leituras
Significa paixão na comunidade falante da língua vegetal. T...

Ervivo

/ 1222 leituras
Herdeiro universal da natureza. Seguiu a linha mais pura dos...

Lúcia-lima

/ 2610 leituras
Casal pacífico; ninguém até hoje lhe conhece o mais pequeno...

Maçã

/ 1379 leituras
O coração luminoso do mundo na manhã de outono. Texto de...

Gato

/ 717 leituras
O silêncio ronrona no afago do sol. Texto de Francis...

Nabo

/ 1425 leituras
Tubérculo celibatário cultiva os prazeres do estômago. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro.

Feno

/ 1450 leituras
Forma enxuta odorífera de sol feito pasto do gado. Text...

Verão

/ 1359 leituras
Gosto do cheiro a sargaço inserto na palavra; outras vezes ...