Abismo Social de Tchello d’Barros

/ 4 leituras
Publicado in TCHELLO D'BARROS - POESIA

nothing lasts forever by anatol knotek

/ 19 leituras
Publicado in anatol knotek anatol knotek (born 1977 in vienna) is an austrian artist. visual and concrete poetry, installation and conceptual art are in the center of his artistic work, whi...

Luxo/Lixo de Augusto Campos

/ 15 leituras
Publicado in Poesia Concreta

Poesia Tipogràfica de Joan Brossa

/ 90 leituras
Publicado in poesia tipogràfica de Joan Brossa, página 179

PAZ de Clemente Padin

/ 71 leituras
Publicado in 16 poemas poemas sueltos de Clemente Padín

O absurdo por Walter Franco (1945-2019)

/ 93 leituras
o ab surdo não h ouve Por Walter Franco  

Outoño por David Pérez Pol

/ 394 leituras
Publicado in Ersilias de david Pérez Pol

Homenaje a Brossa por Sbela Baña

/ 98 leituras
Da autoria de Sabela Baña publicado in sabelabroibas

FIXE gift store

/ 220 leituras
Publicado por FIXE gift store

Epitáfio para um banqueiro por José Paulo Paes

/ 312 leituras
negocio ego ocio cio 0 Por José Paulo Paes, publicado por António Miranda

Vamos refletir

/ 237 leituras
Publicado por Infraestruturas de Portugal

VESPA 946

/ 190 leituras
Publicado in Vespa

Land Adrift by Pejac

/ 377 leituras
Publicado in PEJAC

O arranca-coração por GNR

/ 415 leituras
https://youtu.be/hQV6gv2GKcY

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Manuel Pizarro (1964)

TEMOS uma posição na fachada atlântica altamente privilegiada para nos podermos afirmar como dos grandes players europeus do sector das pescas. Mas não basta. Temos de trabalhar em medidas e instrumentos que tornem esta atividade mais atrativa.

Maxilar deslocado

Desde que os humanos investem nas suas cabanas e abrigos pouco primitivos, têm vindo a aumentar e a diversificar-se o número de próteses domésticas que tornam os espaços habitáveis, confortáveis e usáveis para os mais diversos e inesperados fins.

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 271 leituras
Antes de haver telemóvel, como é que as pessoas incomunicavam?