Papel por Firmo

/ 203 leituras
- Todos temos um papel Por Firmo Se sabe ou desconfia o que o PAPEL-PENSANTE pensa sobre certos objetos ou sobre certas situações envie-nos esse pensamento para geral.correiodo...

Revolta do papel selado

/ 370 leituras
LEMBRAM-SE do papel selado? Daquelas folhas azuis, pautadas, com o selo na parte superior e que era de uso obriga­tório para requerimentos, exposições, petições, etc? O que muita gente não d...

Borboleta de Ramón e Maria Tereza

/ 190 leituras
- Quando pousa em todas as flores é a dactilógrafa do jardim. Da autoria de Ramón Gómez de la Serna publicado in Greguerías, uma seleção e tradução de Jorge Silva Melo, Assírio & Alvi...

Selos do correio por João Pedro Mésseder

/ 148 leituras
– Línguas de bagaço, línguas de tinto, línguas de café… Isso era dantes. Agora sou auto-colante. Por João Pedro Mésseder Se sabe ou desconfia o que o PAPEL-PENSANTE pensa sobre...

Andante por PML

/ 206 leituras
- Viajo no tempo. Por Paulo Moreira Lopes Se sabe ou desconfia o que o PAPEL-PENSANTE pensa sobre certos objetos ou sobre certas situações envie-nos esse pensamento para geral....

Cartão por João Pedro Mésseder

/ 127 leituras
– Denso, logo resisto. (É cartesiano este cartão.) Por João Pedro Mésseder Se sabe ou desconfia o que o PAPEL-PENSANTE pensa sobre certos objetos ou sobre certas situações envie-n...

Papagaio de papel por Teresa Guedes

/ 1189 leituras
Voo Voo sem parar, Mas se o vento se zanga e pára, abrando…, abrando…, desço…, desço… e caio c 00a 0000i 000000o 0000000000d 0000000000000e 000000000000000v 00000000000000000a ...

Avião de papel por João Pedro Mésseder

/ 1183 leituras
– Mais low cost do que eu não há. Por João Pedro Mésseder Se sabe ou desconfia o que o PAPEL-PENSANTE pensa sobre certos objetos ou sobre certas situações envie-nos esse pensam...

Folha de papel por Carlos Oliveira

/ 309 leituras
- Sou o vagaroso estrume do poema. Por Carlos Oliveira, in A leve têmpera do vento, seleção e nota de João Pedro Mésseder, edições Quasi, Novembro 2001, página 103. Se sabe ou ...

Livro fechado por Inês Lourenço

/ 139 leituras
- O tempo que passei fechado sem nenhum leitor, justificou ser imolado pelas traças. Por Inês Lourenço, in O segundo olhar, Companhia das Ilhas, 2015, página 173. Se sabe ou de...

Cigarro por Carlos Oliveira

/ 126 leituras
- Sou a medida real do tempo. Por Carlos Oliveira, publicado in A fuga, da obra O aprendiz de feiticeiro, Assírio & Alvim, julho 2004, página 187. Se sabe ou desconfia o qu...

Parker por Alexandre O’Neill

/ 216 leituras
- Preenche em silêncio o seu papel. Por Alexandre O'Neill Se sabe ou desconfia o que o PAPEL-PENSANTE pensa sobre certos objetos ou sobre certas situações envie-nos esse pensam...

Fotografia por Ambrose Bierce

/ 252 leituras
- Um quadro pintado pelo sol, que não tem conhecimentos de arte. Tradução para português de Rui Lopes, publicado na obra Dicionário do Diabo, Edições Tinta da China, 1.ª edição, janeiro d...

Olhos por Almada Negreiros

/ 345 leituras
- Os olhos são para ver e o que os olhos veem só o desenho o sabe. Por Almada Negreiros publicado no autorretrato. Se sabe ou desconfia o que o PAPEL-PENSANTE pensa sobre certos objeto...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Rui Moreira (1956)

É UMA solução que vinha sendo exigida pelas necessidades atuais e pelo facto de as duas cidades conviverem quase como uma. Temos um centro histórico, não temos dois. Não precisamos de pedir nada ao senhor ministro das Infraestruturas e também não precisamos do Ministério da Cultura.

Rua da Estrada Multicolor

NÃO falta por aí a expressão floresta verde. Nos sistemas complexos – nos outros também – a redundância faz sempre falta no caso de falhar alguma coisa no algoritmo, como agora se diz. As florestas são verdes por caprichos que a clorofila teima em manter. A floresta negra deve ser uma floresta muito escura. Muitos chamaram a Heidegger o filósofo da floresta negra; o homem era muito virado para a angústia, para o nada, para a inquietação do ser e outras místicas do género. Não sabemos se via duendes ou lobos-maus, mas não se interessava nada pela indústria madeireira; tal como a floresta, parec...

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 89 leituras
Burro velho é asno para que idade?