Porto visto por João Paulo Hergesel

/ 107 leituras
JOÃO Paulo Hergesel vive atualmenmte em Alumínio, depois de ter nascido em Sorocaba, ambas cidades do estado de São Paulo, Brasil. Acredita que a sua poesia, de certa forma, enfatiza os pequ...

Porto visto por Fátima Vianna

/ 81 leituras
FÁTIMA Vianna nasceu em Belo Horizonte, Brasil. As montanhas que cercam a cidade, na sua opinião, instalam a nostalgia, mas instigam a caminhar, o que se repercute na sua produção literária....

Porto visto por José Airton Mellega

/ 75 leituras
JOSÉ Airton Mellega, para além da cidade natal de Piracicaba, já viveu em Santa Barbara D'Oeste, Mococa e Itatiba, todas no Brasil. Escreve haicais, senryu e trovas, sendo um pouco influenci...

Porto visto por Vítor de Lerbo

/ 92 leituras
VÍTOR de Lerbo é natural de S. Paulo, Brasil, onde continua a viver. Cursou jornalismo e publicidade e é pós-graduado em argumento e roteiro para cinema e TV. Para o autor, S. Paulo assemelh...

“Clube Mediterrâneo: doze fotogramas e uma devoração” no AltCom

/ 78 leituras
CLUBE Mediterrâneo: doze fotogramas e uma devoração”, livro criado a partir de um poema de João Pedro Mésseder com ilustração de Ana Biscaia e tipografia e design de Joana Monteiro, é o repr...

Nápoles visto por Vittorio Bianco

/ 156 leituras
NASCIDO em Nápoles em 1961, Vittorio Bianco é um fotógrafo atento às possibilidades criativas e expressivas da linguagem fotográfica, seu interesse é penetrar no definido onde as combinações...

Porto visto por Ivanilton Tristão Pereira

/ 155 leituras
IVANILTON Tristão Pereira é carioca de gema. Aprecia escrever poemas, contos e de participar em antologias e concurso de poesia. Para Ivanilton, a cidade do Porto ainda se confunde com o paí...

Porto visto por Pepita Sampaio

/ 148 leituras
PEPITA Sampaio nasceu na cidade de Cabo Frio no estado do Rio de Janeiro, tendo, entretanto, ido residir para a capital do estado. É dentista e escritora de literatura infantil e juvenil. O ...

Um dia na vida de Vittorio Bianco

/ 147 leituras
VITTORIO Bianco vive em Nápoles, a terceira cidade mais populosa de Itália. A nosso pedido, o seu dia a dia foi retratado (literalmente) em dez fotos. Podemos vê-lo em casa, a preparar-se pa...

Porto visto por Mara Libber

/ 201 leituras
MARA Libber é natural do Rio de Janeiro onde sempre viveu. As paisagens e personagens desta cidade são inspiradoras para as suas atividades artísticas e, particularmente, as literárias. Já t...

Trisavô galego de Fernando Pessoa

/ 623 leituras
O VÍNCULO que une a Galiza e Portugal a través dalgúns dos seus máis eximios escritores é evidente. Así acontece co gran Luís de Camões, quen tivo como trisavô a Vasco Pires de Camões, nobre...

Porto visto por Luís Amorim

/ 161 leituras
LUÍS Amorim é consultor de empresa. Gosta de coleccionar postais e de escrever histórias longas, mas também curtas, algumas das quais enquadram-se em termos de tamanho no espaço de um postal...

Entrevista a Alberto Pimenta

/ 180 leituras
NO dia 29 de Setembro de 2017, Alberto Pimenta recebeu-nos em sua casa, numa Mouraria que já não é o que era em 2000, quando foi viver para lá. Subimos vários degraus, e as nossas ...

Porto visto por Tarsila Fonseca

/ 315 leituras
TARSILA Fonseca nasceu em Nova Iguaçu e hoje vive no Bairro de Jacarepaguá na cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Gosta de escrever contos e poesia. Confessa que é muito difícil não ser influe...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Jorge Nuno Pinto da Costa (1937)

VOCÊS foram um motivo de orgulho de todos os portugueses, mas será fácil de compreender que para nós ainda mais. Para além dos parabéns, quero dizer-vos que todos nós temos muito orgulho no que vocês fizeram e que tenho a certeza que vocês hão de repetir muitas vitórias com a camisola de Portugal, mas também muitas com a do FC Porto.

Rua da Estrada da estrada

AS estradas que vão pelas cotas altas das encostas têm larguezas de vistas que nem se imagina. Sigam-se as instruções: onde aparecerem placas a dizer Estrada, certifique-se que essas larguezas de vistas estão mesmo lá; de seguida, procure-se um local bom para paragem (dantes havia uns sinais muito lindos com a silhueta das camionetas da carreira) e pare-se olhando a encosta da outra banda. Chegou o momento da contemplação. Use-se um bom produto para clarear o humor vítreo, a córnea, a pupila e o resto da tralha de ver, e mantenham-se as pálpebras bem abertas. Pode fotografar, desenhar ou or...

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 672 leituras
Embriaga mais o copo ou a copa?