Ragazze di Napoli in scooter

/ 159 leituras
Fotos de Vittorio Bianco com legendas de Isabel Furini e Roberto Keppler

“Desarmadilha” de Sidneia Simões é poesia para partilhar

/ 86 leituras
UM livro para folhear e desfolhar, com páginas para que o leitor também se expresse.  A proposta é compartilhar espaço, poemas, afetos, esclarece a autora de “Desarmadilha”, Sidneia Simões. ...

Pé-Sujo e Blocos de Carnaval

/ 708 leituras
CREIO que os botecos estão sendo pasteurizados aos montes. A cada dia que passa, noto mais um bar transformado em fast food-drink ou farmácia. Entretanto, no Rio de Janeiro, ainda existem pé...

Yayo – Résidence Exil et liberté (2019)

/ 66 leituras
Yayo (Diego Herrera), auteur-illustrateur colombo-québécois, nous parle de son passage à la Maison de la littérature dans le cadre de la résidence Exil et liberté, du 3 janvier au 1er mars 2...

16 poemas sueltos de Clemente Padin

/ 126 leituras
Por iniciativa do autor foi divulgado através do Facebook o livro 16 poemas sueltos em formato PDF.

Porto visto por Janys Oliveira

/ 158 leituras
JANYS Oliveira nasceu em Iguatu, estado do Ceará, Brasil. Entretanto foi viver para Fortaleza, capital do mesmo estado. Dedica-se à arte postal e contemporânea, o que vem na sequência da con...

The autobiography of Piroska Horvath

/ 306 leituras
I WAS born in Romania in a beautiful village, which is famous for its cherry. After my university studies, I taught biology, chemistry and psychology in Bistrita. Together with my husband we...

Porto visto por Alexandre Andrade

/ 1898 leituras
ALEXANDRE Andrade é natural da freguesia de São Sebastião da Pedreira, em Lisboa. Até agora viveu 90% da vida naquela cidade. Esta é como um velho amigo com o qual convive regularmente e que...

O Messias de bolso

/ 838 leituras
A ESTRANHA ascensão de Jair Messias Bolsonaro ao primeiro plano da política brasileira deixa-nos uma dúvida: quais são as condições de partida que o tornaram favorito nesta corrida presidenc...

Porto visto por David Pérez Pol

/ 285 leituras
DAVID Pérez Pol ha publicado los poemarios Amapolas en las roderas y cigüeñas en los campanarios, El fuego y el olvido, Programa de mano y El libro de las Tentativas, así como el libro de af...

III CONVOCATÓRIA de Arte Postal

/ 948 leituras
CONVOCAM-SE todos os interessados a participar na III edição de Arte Postal do Correio do Porto (Portugal) e Seona, Espaço Criativo (Brasil), que consiste em criar dois postais com as seguin...

Verseto I

/ 692 leituras
Difere tanto assim o tempo que faz do tempo que corre? * Sont-ils si différents, le temps qu'il fait et le temps qui passe ? Texto de João Pedro Mésseder, tradução de MLP, JPM, JO, revi...

Porto visto e desenhado por Eduardo Salavisa

/ 247 leituras
EDUARDO Salavisa nasceu em Lisboa onde vive e trabalha. É professor no ensino secundário e apaixonado por diários gráficos. Publicou recentemente o Caderno do Porto, que diz ser uma cidade m...

Sumimasen!

/ 459 leituras
MINHA esposa é japonesa. E, quando faço essa afirmação, refiro-me ao fato de que ela, nascida e criada no Japão, pertence a uma família sem laços culturais com o Ocidente; pois, há gerações,...

Tabuleta Digital

Sete Perguntas

Vai no Batalha

Rui Moreira (1956)

NÃO preciso de citar ninguém para dizer que esse comentário [de eleitoralismo] ilustra bem a visão populista de quem esteve distraído por ocasião da conferência de imprensa que demos em Gaia ou por ocasião da cimeira de Sintra.

Rua da Estrada do cada um por si

O PRINCÍPIO ideológico que regula a selva global do capitalismo está a reduzir a fanicos o pouco do solidário que a sociedade tinha: cada um por si, portanto. Não há contos de crianças. Há folhas de cálculo, discursos cinzentos em economês, correctíssimos, e conversas blindadas sobre o efeito da subida de uma taxa nos santos espíritos das hormonas da outra, sobre a sustentabilidade seja lá do que for e assim por diante de palavras feitas de ração granulada e chumbo derretido. Os lugares do Estado e da Política foram tomados de assalto pela ceifeira-debulhadora-enfardadeira da máquina do dinhei...

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 356 leituras
Que eu é aquele que te olha ao espelho?