COMPARTILHAR
Inicio Do outro mundo Notícias em t...

Notícias em três linhas

Notícias em três linhas

0
1196

Por pouco o padre Manuel Fernando não ficava enquadrado com a Torre dos Clérigos. Bastava o fotografo dar um passo atrás para se ficar a ver toda a imponência da minha obra. Desabafou o responsável pela Irmandade. 

57.
Trânsito parado na Via Panorâmica de acesso ao Campo Alegre. Automobilista apaixonado por rapariga do mural não avança enquanto ela não olhar para ele. 

56.
Um novo sismo de magnitude 2,2 na escala de Richter foi sentido na ilha Terceira, no âmbito da crise sismovulcânica em curso. O governo dos Açores ligou de imediato para o governo da República a perguntar: então e vocês não fazem nada? 

55.
Confinante com a EN 104, em Árvore, Vila do Conde, queixou-se à JAE que os choupos da estrada lhe tinham secado o poço. Os serviços foram averiguar e confirmou-se: as raízes dos choupos tinham estrangulado a mangueira do motor.

54.
Concessionária da A44 contratou um falcão para dissuadir a fauna de invadir a autoestrada. Podem vê-lo pousado nos postes de iluminação entre a Ponte do Freixo e Oliveira do Douro. Como contrapartida, o falcão pode caçar nos nós e taludes sem pagar taxa.

53.
Acabaram-se os grafites nas barreiras acústicas da Linha do Norte, em Gaia. Vão ser devorados pelo fogo verde dos arbustos que estão a plantar. 

52.
Começaram as reparações coloniais. Para já o Zoo de Lisboa fechou e os animais foram devolvidos à procedência. 

51.
Foram alterados os Estatutos da Fundação de Serralves para permitir a permanência de Ana Pinho por mais três anos no museu. O fundamento invocado foi a excecional qualidade da obra de arte.

50.
Câmara do Porto aumentou o tempo do sinal vermelho no semáforo entre a Rua de S. Paulo e a Rua Júlio Dinis. Assim os condutores têm mais tempo para apreciar a obra-prima de Agostinho Ricca.

49.
O Sindicato da Polícia Judiciária deu um ultimato ao Governo: ou há remuneração extraordinária para os autores dos títulos das operações ou então que contratem um copywriter. 

48.
Chegou ao fim a fuga à justiça de um mafioso italiano. Foi detido no aeroporto de Pedras Rubras quando chegava do Canadá para acompanhar os netos num torneio de futebol. 

47.
A Sociedade Portuguesa de Autores já descansou os poetas associados. A poesia portuguesa é tão enigmática que nem a IA a consegue imitar. 

46.
Questionado sobre a irradicação das ilhas no Porto, o político afirmou que os estudiosos daquele fenómeno social, económico e cultura nunca lhe propuseram tal medida. Antes pelo contrário, defendem a reabilitação.

45.
Os preparativos da mãe do desertor Maksim Kuzminov para o visitar em Espanha terão denunciado a sua localização. O filho apareceu morto numa garagem em Alicante. 

44.
Eucalipto mata homem em Paços de Ferreira. Ao contrário das situações de homicídio, nem foram precisas muitas diligências. O eucalipto ficou à espera da autoridade e não ofereceu resistência.

43.
Estatística de queixas ao Ministério Público está sobreavaliada. Vai deixar de contar o futuro do presente do indicativo, para passar a contar somente o pretérito perfeito do indicativo: participou ao M.º P.º

42.
D. Américo Aguiar publicou no Instagram resultado de exame à próstata. O vídeo do toque retal é só para os amigos mais íntimos. Respondeu a um seguidor mais intrometido. 

41.
Já não bastavam os eucaliptos, as acácias e as ervas das pampas. Agora são as azedas ou ervas mijonas a inundarem a paisagem. É impossível ignorar a evidência de que somos um país do sul.

40.
Todos sabiam que o presidente do governo da Região Autónoma da Madeira, Miguel Albuquerque, ia pedir a renuncia ao mandato. Todos. Menos eles. 

39.
Um turista subiu à Torre dos Clérigos e aproveitou para atrasar o relógio da fachada. Foi da maneira que pôde apreciar por mais quarenta minutos a deslumbrante vista sobre a cidade.

38.
Famílias burguesas do Porto criam associação para se defenderem dos malefícios da Ponte Rubi. Dizem que a vida já não é o que era, mas mesmo assim, ainda é cedo para irem viver para debaixo da ponte.

37.
Funcionários da Biblioteca Nacional reivindicam subsídio pelo esforço no manuseamento do livro Super-Camões, de João Pedro George. Não param de aumentar os diagnósticos de hérnia discal entre os funcionários.

36.
Herdeiros de Paula Rego reivindicam direitos de autor da fotografia tirada por Adelino Meireles a Agustina Bessa-Luís. Dizem que o fotógrafo se limitou a fotografar um quadro da pintora.

35.
Ministério Público arquiva queixa contra o poeta João Luís Barreto Guimarães pela morte da toupeira filha da puta. Apesar do crime ser horrendo já se encontra prescrito. Lê-se no despacho. 

34.
Foi com pompa e circunstância que inauguraram um novo tipo de molok nos bairros da cidade. As preocupações e os problemas do dia a dia agora podem ser depositados à porta de casa.

33.
As guardas de segurança foram obrigadas a usar saia. Os prumos à mostra distraíam os motociclistas ao desfazerem a curva. Diz o legislador. 

32.
Sobrinha-neta de Spínola investiu 11 milhões de euros dos amigos no jogo. Teve azar e perdeu tudo. Agora os amigos querem o dinheiro de volta. Mas a amizade não. 

31.
Questionado sobre o sucesso do Parque da Cidade, o autor do projeto, Sidónio Pardal, disse que o projetou como se fosse para si. 

30.
Os poetas comunistas estão muito agradecidos ao 25 de novembro. Se não fossem os paraquedistas a mudar de opinião hoje estavam a escrever loas a NITUP. 

29.
Com tantas mortes na estrada, os motociclistas deixaram de ler notícias. Ficaram com medo de saber pelos jornais que já tinham morrido. → 

28.
Jorge Nuno Pinto da Costa reuniu-se com os Super Dragões e já decidiram que o atual mandato é para renovar e levar até ao fim. Nem que seja empalhado. 

27.
Traumatizados da Sibila ponderam pedir apoio psicológico após passarem pelo mural da CCDR–Norte feito em homenagem à sua autora. Alegam que voltaram a ver fantasmas como viam antigamente. 

26.
O negócio das tintas spray está florescente no Porto. Os grafiteiros pintam as paredes, os serviços municipais apagam as pinturas e os grafiteiros voltam a pintar. E assim sucessivamente. 

25.
A polícia municipal foi chamada à Avenida Rodrigues de Freitas para impor a ordem pública na recolha do lixo. As folhas das tílias recusam-se a ir decompor longe da mãe. Voam quando as querem apanhar. A polícia já pediu reforços.

24.
Em pleno novembro deflagrou um grande incêndio sobre a cidade. Os bombeiros sentem-se impotentes para debelar o fogo enquanto as pessoas circulam maravilhadas entre as chamas dos liquidâmbares.

23.
PSP apreende droga na casa do ministro João Galamba e dinheiro vivo no gabinete do chefe de gabinete do primeiro-ministro. Em ambos os casos para consumo próprio. 

22.
Ministério Público pede a condenação de Dona Elisa e seu marido, o Professor Doutor Eduardo Vítor Rodrigues, presidente da Câmara de Gaia, pelo crime de peculato de uso de um Zoe. Os arguidos pedem a absolvição. 

21.
Juíza ameaçada por pai de menor no Tribunal de Família põe ação contra o Estado. Como é possível um individuo sem atividade fixa, com paradeiro incerto e com referências policiais por crimes contra a propriedade, integridade física e liberdade pessoal, andar à solta? Argumenta. 

20.
Ordem dos Advogado propõe extinguir o Google Maps em Portugal. A sua intenção é a de contrapor à frieza das imagens a riqueza semântica, polissémica e imaginativa do depoimento testemunhal sobre as delimitações dos terrenos.

19.
A Câmara deu “luz verde” à construção de uma esplanada em Vila do Conde. Os proprietários avançaram. A Direção Regional da Cultura mandou demolir. A autarquia, embora discorde, também já deu ordem de demolição. 

18.
Os percevejos asiáticos estão a invadir Lisboa, Braga, Guimarães e Coimbra, depois de, nesta semana, terem sido avistados em transportes públicos em Paris, causando o pânico na capital francesa. 

17.
Deputada do PAN viabiliza governo de Albuquerque e mantém a raposa dentro do galinheiro. Uma galinha nunca deixa de ser uma galinha, comentou a oposição. 

16.
Mulher a viver numa ilha em Campanhã devolve marido aos pais após 40 anos de casamento. Diz que esperava que a tirasse da miséria. Como está na mesma, ele que vá viver com eles. Disse.

15.
Foram nomeados três novos administradores para a Global Media. O que há de comum entre os três é o facto de terem o nome muito comprido, o que aqui não se reproduz por ser uma notícia de três linhas. 

14.
Os russos gostam de fazer dos prisioneiros de guerra andorinhas. Prendem-lhes as mãos atrás das costas, depois levantam-nos no ar pelos pulsos até que deixem de tocar no chão. Algumas andorinhas levantam voo e só param no céu. 

13.
Está a ser difícil para os investigadores descodificar a linguagem dos crocodilos. Na selva escondem-se dos humanos e nos Zoo comem constantemente os microfones.

12.
Começou o levantamento topográfico para as obras do TGV. Diz quem viu que o topógrafo está sempre a olhar para trás. Não vá o comboio aparecer assim de repente! 

11.
A Dr.ª Susana Pombo, Diretora-Geral de Veterinária, avisou que em setembro de 2023 vai passar a ser obrigatório a declaração de galinhas poedeiras. Os criadores de galinhas já alegaram flagrante discriminação face aos columbófilos.

10.
Um pessegueiro dá pêssegos, mas em certas ocasiões pode dar dinheiro. É o que diz o Ministério Público de um pessegueiro de Espinho. 

9.
Foi com ar aliviado que os herdeiros receberam a notícia de que em setembro de 2023 em diante as certidões de óbito passam a ter validade permanente. Estavam sempre com receio que ao revalidar as certidões os falecidos tivessem ressuscitado.

8.
Alguns jornalistas do Jornal de Notícias até aceitavam sair da baixa (era inevitável, dizem), mas mudar para o Monte dos Burros é que não.

7.
Tribunal de Propriedade Industrial condenou um portuense a pagar uma multa por ter dito “edifício do Jornal de Notícias”, quando o edifício do Jornal de Notícias passou a chamar-se “Hotel Journal”. O juiz disse no final: ou o senhor dobra a língua ou paga mais multas. 

6.
Um homem de 31 anos foi apanhado por uma máquina sem fim numa fábrica de bagaço de azeitona de Fortes Novas, no concelho de Ferreira do Alentejo. O óbito foi declarado no local

5.

O submarino Titan implodiu com cinco pessoas a bordo enquanto visitava os destroços do Titanic.

4.
Enquanto NITUP se fechava em casa, cheio de medo, um cidadão anónimo dirigiu-se de bicicleta à baixa de Rostov para protestar com os mercenários. Poucas horas depois desmobilizavam.

3.
Foi à feira comprar fruta, mas faltavam nove euros. Voltou a casa para buscar o dinheiro. Pagou o que devia e no regresso morreu atropelada na Estrada D. Miguel. Tinha 79 anos. 

2.
Matou dois columbófilos em Setúbal que esperavam as pombas de Cáceres. Não satisfeito matou mais um vizinho. Quando a polícia chegou suicidou-se. 

1.
Turista liberta homem pendurado de pernas para o ar na fachada da catedral de Milão. Carabiniere aplaudem. Menos uma estátua. Mais humanidade. 

PML

NOTÍCIAS EM TRÊS LINHAS 

Partilha

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here