Cultivar as emocións do alumnado a través da poesía

/ 325 leituras
SE hai algo que teño claro na miña vida é que os seres humanos precisamos da poesía. E se os seres humanos precisamos da poesía, esta debe estar presente, na escola dun xeito vivo. O ideal s...

Porto visto por Armando Requeixo

/ 1014 leituras
ARMANDO REQUEIXO nasceu em Mondoñedo, uma localidade na provincia de Lugo. Com poucos dias de vida foi levado para Barcelona onde os pais estavam emigrados. Aos 13 anos regressa a Galiza par...

Porto visto por Barbara Zocal

/ 466 leituras
BARBARA ZOCAL nasceu em São José do Rio Preto, no noroeste do Estado de São Paulo, no Brasil. Entretanto esteve em Santiago de Compostela e regressou de novo a S. Paulo. Acredita que o ato d...

Porto visto por Vittorio Bianco

/ 661 leituras
VITTORIO Bianco é um fotógrafo napolitano atento às possibilidades criativas e expressivas da linguagem fotográfica aplicadas ao lugar onde vive. Conheceu o Porto e Vila Nova de Gaia no âmbi...

tenHo Um amiGO

/ 415 leituras
OLÁ! sou Sandra Ronca, escritora e ilustradora de Literatura Infantil. Em abril, completei 10 anos de carreira literária com um total de 24 livros publicados como ilustradora e/ou escritora....

Silvas do Brasil

/ 795 leituras
MESMO após Lula da Silva ver confirmada sua condenação em segunda instância, o ex-presidente pode ainda escolher entre dois caminhos: permanecer na corrida presidencial como tem anunciado, c...

Kerouac por David Vela

/ 547 leituras
Mi Kerouac premiado con una Mención Honorífica en el prestigioso Humour a Gallarate, en Italia. El concurso estaba dedicado a su novela On the road. El concepto del dibujo se basa en el manu...

Porto visto por Jesùs Morales

/ 328 leituras
JEÙS Morales é artista plástico, professor universitário e produtor audiovisual venezuelano. Atualmente vive em Caracas onde nasceu, depois de ter passado pela cidade de Puerto Ayacucho (Est...

No Reino Encantado de Tremembé

/ 456 leituras
O REINO Encantado de Tremembé tem um castelo. Tem também uma floresta. No castelo mora um rei, uma rainha e suas duas filhas, as meninas princesas. Uma das princesas tem os olhos cor de mel....

Maria Pires, 93 anos

/ 417 leituras
ENCONTREI-A no corredor, a chorar. Não era um choro compulsivo, é certo, mas não era só da constipação («Maria Pires, o que lhe dói?» — Dói-me tudo, dói-me tudo...). Como quase sempre aconte...

Benvinda do Céu, 73 anos

/ 399 leituras
ESTA mulher chama-se Benvinda do Céu. É verdade, podem confirmá-lo com uma pequena visita à aldeia de Sirarelhos, perto de Galegos da Serra, em pleno Alvão. Só poderia ser assim, Benvind...

Jorge Pinheiro, 86 anos

/ 476 leituras
AO abrir a porta do espaço onde trabalha, Jorge Pinheiro comenta: «Está aqui um frio de rachar pedras». Com exposições na Fundação Carmona e Costa (Lisboa), no Museu Amadeo de Souza Cardoso ...

Porto visto por Sandra Ronca

/ 370 leituras
SANDRA Ronca é escritora e ilustradora de literatura infantil. Nasceu no Rio de Janeiro e há uma década e meia passou a viver em Niterói, ambas cidades do Brasil. Diz-se influenciada pelos p...

Porto visto por Regina Ruth Rincon Caires

/ 606 leituras
REGINA Ruth Rincon Caires está aposentada, tem 64 anos, dois filhos e um punhado de netos. Cursou Letras e Direito. Foi premiada em alguns concursos literários, apesar de não ter nenhum livr...

Tabuleta Digital

Sete Perguntas

Vai no Batalha

Marco Martins (1978)

Considerando o pedido de vários colegas presidentes de Câmara, incluindo do próprio presidente da AMP, deixo a decisão de demissão para o coletivo na próxima reunião do Conselho Metropolitano, desde que me sejam dadas condições e carta-branca para trabalhar.

Rua da Estrada dos tempos que correm

NÃO ao rouvo" é uma expressão de correctíssima grafia segundo isso a que chamam o acordo ortográfico, que preconiza, entre outras coisas, que as palavras se devem escrever tal como são pronunciadas. Aqui trocam-se os bb pelos vv, como se sabe. O mais difícil de engolir não é isso. O mais difícil de engolir é este assado em que estamos metidos e que está bastante bem ilustrado na instalação exposta à beira da estrada: ainda há pouco tínhamos posses para ter um carrito com tudo a que tem direito, rodas, capota, assentos, motor, travões e o mais que é costume, e agora estamos reduzidos a um assen...

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 570 leituras
O mar alto mede quanto?