Diospireiro

/ 480 leituras
Texto e ilustração de Francisco Duarte Mangas

Nabo

/ 1174 leituras
Tubérculo celibatário cultiva os prazeres do estômago. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro.

Abóbora-menina

/ 1433 leituras
Filha adotiva do hortelão. Texto de Francisco Duarte ...

Verão

/ 1085 leituras
Gosto do cheiro a sargaço inserto na palavra; outras vezes ...

Oliveira

/ 1146 leituras
Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro

Cravo

/ 3994 leituras
2. desconhece-se outro instrumento tão aromático. Franc...

Ervadura

/ 558 leituras
Não há água mole que a perturbe. Texto de Francisco D...

Hortelã

/ 1036 leituras
Eis uma erva prudente agasalhada temendo que os fios do i...

Cidreira

/ 1107 leituras
A erva dos aflitos. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilus...

Ancinho

/ 1205 leituras
Utensílio de pentear a terra. Serve também para juntar folh...

Árvores azuis

/ 329 leituras
as árvores azuis guardam o fogo do céu (e têm as raízes ...

Alho

/ 1005 leituras
Dentes tão brancos, hálito tão desagradável. Texto de Fra...

Palavrícola

/ 618 leituras
Aquele que semeia sílabas no vento na esperança de colher a...

Lúcia-lima

/ 2200 leituras
Casal pacífico; ninguém até hoje lhe conhece o mais pequeno...

Regador

/ 1159 leituras
Nostálgico artefacto, ora é nuvem no solo; ora chora abundan...