Sollari Allegro (1947-2016)

/ 690 leituras
SOLLARI Allegro, ex-presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Porto, faleceu esta terça-feira (07-11-2016), vítima de doença prolongada, aos 69 anos. Reformado desde...

Manuel Sampaio Pimentel (1970-2016)

/ 439 leituras
O VEREADOR da Câmara Municipal do Porto Manuel Sampaio Pimentel morreu na manhã desta terça-feira (01-11-2016), aos 46 anos, confirmou à Lusa fonte da família. O presidente da Câmara Muni...

Paulo Esteves (1970-2016)

/ 1248 leituras
MORREU, esta quarta-feira, Paulo Esteves, repórter fotográfico de A BOLA. Tinha 46 anos, feitos em maio último. Um acidente de bicicleta, numa estrada de Santo Tirso, há cerca de dez dias, a...

Homenagem a José Rodrigues, post mortem

/ 766 leituras
A NOTÍCIA chega-me de Portugal, não deixa de surpreender-me pelo falecimento do pintor e escultor José Rodrigues (Luanda, 1936-Porto 2016). Um grato e velho amigo que a princípios da década ...

Luiz Darocha (1945-2016)

/ 487 leituras
JOSÉ Luiz da Rocha, que como pintor normalmente assinava “Darocha”, morreu na noite deste domingo num hospital de Paris, aos 70 anos, vítima de cancro. Nascido em Oliveira de Azeméis, em ...

José Rodrigues (1936-2016)

/ 745 leituras
MORREU este sábado de manhã o escultor português José Rodrigues. Funeral realiza-se domingo, no tanatório de Matosinhos. O escultor e artista plástico português José Rodrigues estava interna...

António Barbosa de Melo (1932-2016)

/ 543 leituras
O NONO presidente da Assembleia da República, António Barbosa de Melo, morreu esta quarta-feira (07-09-2016), aos 83 anos, no Centro Hospital e Universitário de Coimbra, disse à Lusa fonte d...

Paulo Paraty (1963-2016)

/ 816 leituras
O EX-ÁRBITRO Paulo Paraty morreu esta quarta-feira vítima de doença prolongada. Tinha 53 anos, era natural do Porto, foi um dos melhores árbitros portugueses da sua geração e apitou vários j...

José Ferreira Trovão (1925-2016)

/ 829 leituras
JOSÉ Ferreira Trovão, que foi vereador da Câmara da Póvoa entre 1972 e 1974, tendo sido presidente depois do 25 de Abril e até outubro de 1974, morreu esta quarta-feira (30-03-2016). Voltou ...

Fátima Caldeira (1959-2016)

/ 1378 leituras
A cantora Fátima Caldeira, de 57 anos, intérprete de "Volta ao meu coração", morreu no dia 3 de março, ao final da tarde, no Porto, devido a problemas pulmonares. A cantora, natural do ...

Aureliano da Fonseca (1915-2016)

/ 862 leituras
FOI um notável dermatologista mas, para muitos, será para sempre o autor da letra dos Amores de Estudantes”, música-símbolo dos estudantes universitários do Porto, cuja letra compôs enquanto...

Jaime Azinheira (1944-2016)

/ 1040 leituras
O ESCULTOR, pintor e professor universitário Jaime Azinheira morreu esta segunda-feira, no Porto, onde residia, devido a um cancro. Tinha 71 anos. Conhecido pelas esculturas feitas...

In memoriam 2015

/ 747 leituras
NO ANO 2015 deixaram-nos, entre outros: Juvenal Silva Peneda; Suzana Ribeiro da Costa; Luísa Dacosta; António Ferreira Alves; João Marques; Luís Miguel Rocha; José Maria Meireles; António Re...

Jorge Afonso (1940-2015)

/ 939 leituras
EM Portugal, como em muitos outros países, ser designer foi uma actividade que só passadas décadas sobre o seu exercício prático ganhou o nome – e a formação – oficial. Jorge Afonso, um dos ...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Eduardo Vítor Rodrigues (1971)

NÃO vamos licenciar novas construções. Vamos legalizar casas e empresas com histórico. São empresas consolidadas no território e também é uma forma de evitar que, por falta de uma licença, possam decidir abandonar Gaia e estabelecer-se em concelhos vizinhos, retirando de cá postos de trabalho.

Rua da Estrada do Futuro

ADIVINHAR o futuro ainda é para muitos uma espécie de bruxedo do antigamente. Consultava-se o mediador comunicante com o insondável para que ele nos antecipasse os nossos medos e esperanças; jogavam-se os dados e as cartas, observava-se o voo das aves, ouvia-se a voz da vidente, do oráculo, da sacerdotisa ou do feiticeiro em busca de interpretações, de enigmas premonitórios que sugeriam isto ou aquilo. O futuro é um tempo problemático. Cronos, o deus grego, tanto era entendido como uma divindade do tempo cíclico das colheitas – por isso era representado com uma gadanha que depois passou a s...

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 509 leituras
Bater no ceguinho dá cadeia?