Efeitos especiais de João Manuel Ribeiro e Paulo Stocker

/ 1060 leituras
O João e o Paulo vivem longe um do outro. Vai a distância do oceano Atlântico.  Quis a criatividade de ambos aproximá-los. Bastou para o efeito ligarem-se através das redes sociais. A circun...

Porto visto por Limberth Rojas

/ 583 leituras
LIMBERTH Rojas é um artista plástico costarriquenho, atualmente a residir em Madrid. Antes de aterrar na capital espanhola, passou pelas cidades de San Ramón e San José, ambas na Costa Rica....

Victor Gomes em Schifflange (Luxemburgo)

/ 633 leituras
VICTOR Gomes tem 26 anos e é o comandante dos Bombeiros de Schifflange, no Luxemburgo. Filho de Clementina e Manuel Gomes, dois poveiros que emigraram para o Luxemburgo na década de 70, é o ...

Porto visto por Manoel Bonabal

/ 786 leituras
MANOEL Bonabal é um artista galego no sentido mais amplo da palavra. Diz que é galego por ter nascido e viver na Galiza e por criar e pensar naquele idioma (onde é que já ouvimos isto?!). Se...

Ramon O’Callaghan (1954)

/ 1050 leituras
ACADÉMICO. Empreendedor. Mas acima de tudo um Aventureiro apaixonado por novos desafios. Assim se pode resumir o perfil do espanhol Ramon O’Callaghan, que assumiu, este mês, a direção da Por...

Canismo

/ 464 leituras
OS DADOS sobre animais de rua no Brasil são muito imprecisos, mas estima-se que só na cidade de São Paulo, mais de 200 mil cães e gatos estejam perambulando pelas ruas sujeitos a todo o tipo...

Porto visto por Rosa Puente

/ 654 leituras
ROSA Puente é uma escultora espanhola nascida em Granada. Hoje reside em Paris. Entretanto, já viveu em Barcelona, Lyon e no Cairo. O papel da mulher na sociedade atual é um dos temas recorr...

José Avelino em Nampula

/ 755 leituras
“NÃO sei o que acontece com todos os padres que são párocos... Mas sei que comecei a entrar numa rotina que nunca quis para mim...era preciso dar um ‘safanão’ na minha vida e, graças a Deus,...

Joana Costa e Fernando Milhazes na Route 66

/ 684 leituras
OS POVEIROS Joana Costa, 31 anos, médica, e Fernando Freitas Milhazes, 33 anos, investigador,casaram em Setembro. A escolha para lua-de-mel foi a de percorrerem, durante três semanas, a míti...

Porto visto por Inma Doval

/ 792 leituras
INMA Doval é uma artista plástica galega. Além de pintar, faz gravura e instalações. Às vezes também escreve poesia. Atualmente reside na sua terra natal, Corunha, tendo já vivido em Ponteve...

Do Siza para Nadir: a arquitectura é uma arte

/ 579 leituras
QUANDO nos lameiros do Tâmega o gado ruminava nos prados, não se imaginaria que aí se pudesse erguer esta poesia branca, uma rigorosa geometria em betão pousada sobre uma sequência de fi...

Tiago Rodrigues em Toronto

/ 724 leituras
TIAGO Rodrigues tem 29 anos e há dois anos deixou a Póvoa de Varzim rumo a Toronto, no Canadá, em busca de melhores condições de vida. Durante 13 anos foi praticante de atletismo ao mais alt...

Luísa Silva em Southampton

/ 1273 leituras
NATURAL de Aguçadoura, Luísa Silva tem 24 anos e é enfermeira. Face à falta de emprego em Portugal, decidiu rumar a Inglaterra para exercer a profissão. Foi no intervalo da correria diária n...

Porto visto por Juan Sebastián Carnero

/ 1046 leituras
JUAN Sebastián Carnero é natural de Buenos Aires e aí tem residência fixa. A sua formação em gravura tem-lhe permitido conhecer outras cidades, como o Porto, onde já expôs os seus trabalhos ...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Jorge Nuno Pinto da Costa (1937)

É COM o pensamento neles (têm vida difícil, sem muitas razões para festejar) que nós trabalhamos, mais do que um clube, que o FC Porto seja portador de felicidade para essa gente. 

Rua da Estrada do Futuro

ADIVINHAR o futuro ainda é para muitos uma espécie de bruxedo do antigamente. Consultava-se o mediador comunicante com o insondável para que ele nos antecipasse os nossos medos e esperanças; jogavam-se os dados e as cartas, observava-se o voo das aves, ouvia-se a voz da vidente, do oráculo, da sacerdotisa ou do feiticeiro em busca de interpretações, de enigmas premonitórios que sugeriam isto ou aquilo. O futuro é um tempo problemático. Cronos, o deus grego, tanto era entendido como uma divindade do tempo cíclico das colheitas – por isso era representado com uma gadanha que depois passou a s...

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 104 leituras
Y é T assaltado?