907
0
COMPARTILHAR
Inicio Poemário Arnaldo Mesqu...

Arnaldo Mesquita (1930-2011)

Arnaldo Mesquita (1930-2011)

0
907

2.
Hei-de publicar estes verso
E farei bem acho eu
Que quem passa o que passei
Só recupera a razão
E não esquece
Dando à vida o que colheu. 

1.
Um homem
Novo ou velho
Saiba manter-se de pé 

§

Talentoso poeta, publicou, além de “Amanhã Virás” (1971), “70 Poesias Breves” (1987), “Em Tempo de Fascismo” (1987), “Sejam Amplas as Janelas ” (1999), “Aquele” (2000) e “Dispersos” (2001), todas edições de autor; “As Duas Vozes” (2003), Edições Avante” e “Aves Ledas” (2006), “À Mulher” (2008) e “Nascido no Monte” (2009), edições da Câmara Municipal de Lousada. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here