476
0
COMPARTILHAR
Inicio Poemário Paulo José Bo...

Paulo José Borges (1969)

Paulo José Borges (1969)

0
476

5.
Ensino básico

É quando olho para ti
que finalmente entendo por que razão
a Física e a Química
fazem parte da mesma matéria. 

4.
Poema dulcíssimo

O teu amor está cada vez
Mais enjoativo. Diabético.
Disse-mela 

3.
Poema da Consumption

António Nobre
era um poeta do século dezanove.
Lá na praia da Boa Nova um dia
As petrolíferas poluíram de
Crude crudelíssimo os
Poemas que lhe brotavam diretamente dos
Pulmões.
O que é a fantasia…
O livro mais triste de Portugal
Foi lançado ao mar qual pipeline abissal.
É só.…

2.
Poema fechado

A minha vida dava um livro.

1.
Poema tímido

Espreitou-me um verso
A ver se estava alguém.

Corado avistou-me:
diz que já não vem. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here