557
0
COMPARTILHAR

llha

llha

0
557

1.

tu que com sono a glabra ilha lavras

 

Por Manuel António Pina in “TODAS AS PALAVRAS” poesia reunida, A ilha nua,  Assírio & Alvim, pág 53.

 

2.

Lança ao mar um punhado de palavras

 

Apenas uma flutuará – para sempre? –

e ganhará raízes de pedra

 

Por João Pedro Mésseder, in Elucidário de Youkali seguido de Ordem Alfabética, Editorial Caminho, janeiro de 2006, página 95.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorChicote
Próximo artigoSim

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here