Pêssego

/ 574 leituras
É um mole coração, o pêssego, com seu duro coração. Por J...

Primavera

/ 1322 leituras
a primavera é uma enxurrada de verdura  pelos campos Por...

Pescador

/ 617 leituras
O pescador é comunista e alegre, o montanheiro desconfiado e...

Promontório

/ 606 leituras
O promontório é um punho nodoso, com dois dedos estendidos p...

Pedras

/ 671 leituras
2. Até as pedras quando caem sabem que têm as mãos do ...

Moledo

/ 561 leituras
Deito-me a pé pela estrada, através do lindo pinheiral do Es...

Peixe(s)

/ 614 leituras
1. e que os peixes sejam velas para luzir na escuridão c...

Poveira

/ 579 leituras
A poveira, a bem dizer, é um homem. Feia e rude, pernas como...

Peniche

/ 549 leituras
Peniche é horrível. Por Raul Brandão, in Os Pescadores, E...

Pinheiro(s)

/ 574 leituras
1. Ao longe na vasta planície retalhada, correndo a par de ...

Palavra(s)

/ 1047 leituras
14. Como os ouriços abrem-se ao rumor do mundo Eugénio ...

Português

/ 514 leituras
Ser português é também uma arte, e uma arte de grande alcanc...

Passado

/ 624 leituras
3. O passado é inútil como um trapo. Eugénio de Andrade,...

Panteísmo

/ 615 leituras
O leitor já compreendeu que a palavra panteísmo tem, entre n...

Perversidade

/ 518 leituras
Palavra de fogo, a perversidade. Por Francisco Duarte Man...