Pérgola

/ 93 leituras
1. Assim despida rente ao mar só de longe em longe se v...

Pombos

/ 70 leituras
No telhado do prédio em frente um pombo corteja uma fêmea ...

P

/ 633 leituras
O P era um explosivo, uma letra-petardo. Bastava aparecer um...

Palmeira

/ 124 leituras
Cresceu tanto que acabou sozinha lá em cima Por PML

Portugal

/ 1050 leituras
1. Três sílabas debruçadas sobre o mar Por João Pedro ...

Perdigueiro

/ 707 leituras
Cão de tristeza infinda. Por Francisco Duarte Mangas, in ...

Porta

/ 985 leituras
A porta mora à espera De perfil se ensombra E descansa ...

Porto

/ 970 leituras
11. Nenhuma outra cidade se oferece assim a quem chega co...

Pássaro(s)

/ 759 leituras
1. com a palavra sulfato* as árvores: crescem pássaros mad...

Pêssego

/ 907 leituras
É um mole coração, o pêssego, com seu duro coração. Por J...

Primavera

/ 1752 leituras
a primavera é uma enxurrada de verdura  pelos campos Por...

Pescador

/ 826 leituras
O pescador é comunista e alegre, o montanheiro desconfiado e...

Promontório

/ 827 leituras
O promontório é um punho nodoso, com dois dedos estendidos p...

Pedras

/ 925 leituras
2. Até as pedras quando caem sabem que têm as mãos do ...

Moledo

/ 721 leituras
Deito-me a pé pela estrada, através do lindo pinheiral do Es...