Poesia

/ 719 leituras
1. A essa erva outra se seguirá nem que seja a mais dan...

Papagaio

/ 702 leituras
Mealheiro colorido de palavras.   Por Francisco D...

Pega

/ 604 leituras
Esta ave quis ser ourives. O brilho do ouro ainda hoje...

Peixe-espada

/ 588 leituras
Nobre que seguia nas caravelas portuguesas e caiu ao m...

Peixe-gato

/ 556 leituras
Nas águas onde habita só o peixe-espada sobrevive. &nb...

Perdigueiro

/ 557 leituras
Cão de tristeza infinda.   Por Francisco Duarte M...

Perdiz

/ 524 leituras
Quando chega o Outono esta ave andarilha dos montes prediz...

Piolho

/ 670 leituras
Ao contrário da pulga, o piolho preferiu a meditação. ...

Pulga

/ 603 leituras
A pulga é o parente mais distante do canguru.   ...

Pavão

/ 550 leituras
O pavão é uma galinha em flor. Por Luís Veiga Leitão, in...

Paixão

/ 547 leituras
Habitas em mim mesmo que dês outra morada. Por Luís Veig...

Poeta

/ 520 leituras
Expulso da casa do homem o poeta, agora, é o vagabundo ...

Pardais

/ 546 leituras
1. No inverno, eu sei, os pardais são fugidios frutos da...

Paraisienses

/ 515 leituras
livre o contrabando de felicidade a única lei dos para...

Pulsação

/ 624 leituras
a pulsação é teia de luas contínuas e cegueiras vivas ...