Inicio Tags Manuel António Pina

Manuel António Pina

(Manuel António Pina)

/ 6844 leituras
A palavra «amor», por exemplo, não precisa de ser pronunciada para significar, e (como se temesse mostrar-se) revela-se quase sempre sob a forma de outras palavras ou silêncio. Palavras que nos dizem in Jornal de Notícias de 21 de dezembro de 2005

Manuel António Pina (Banner)

/ 1999 leituras

Biblioteca

/ 850 leituras
1. Aí, onde não alcançam nem o poeta nem a leitura, o poe...

Passado

/ 958 leituras
1. O passado é inútil como um trapo. Eugénio de Andrade,...

Gato(s)

/ 1249 leituras
1. O meu gato esconde nos olhos um misterioso caçador de...

Café do Molhe

/ 676 leituras
Perguntavas-me (ou talvez não tenhas sido tu, mas só a ti ...

Amor

/ 1066 leituras
3. O amor é uma ave a tremer nas mãos duma criança. Po...

Glicínia

/ 843 leituras
1. A própria palavra «glicínia», pronunciada em voz alta, p...

Manuel António Pina (1943-2012)

/ 2725 leituras
Real, real, porque me abandonaste? / E, no entanto, às vezes bem preciso / de entregar nas tuas mãos o meu espírito / e que, por um momento, baste

Palavra(s)

/ 1342 leituras
14. Como os ouriços abrem-se ao rumor do mundo Eugénio ...

Dia(s)

/ 1297 leituras
3. O Sol e a Terra trocam amores antes de darem à luz ...

Mão(s)

/ 1029 leituras
Que instrumento toca E não se ouve? A mão Por Nuno Rocha...

Poema

/ 941 leituras
7. O poema principia no fim. Por Luís Veiga Leitão, in A...

Morte

/ 1539 leituras
9. Sete palmos. A medida padrão para enterrar a morte. F...

Livro(s)

/ 1090 leituras
5. os livros, todos os livros expurgam vozes, vozes prensad...