COMPARTILHAR

Gato(s)

Gato(s)

0
509

5.
O meu gato
esconde nos olhos
um misterioso
caçador de silêncios.

Por Francisco Duarte Mangas, in O noitibó, a gralha e outros bichos, Editorial Caminho, Setembro de 2009, página 29.

4.
gatos cheios de luz
a saltitar na manhã
parecem borboletas
dádivas de outono
e outros frutos
também eles maduros de felicidade.

Por Francisco Duarte Mangas, in A fome apátrida das aves, Modo de ler, página 150.

3.
…Há um deus único e secreto
em cada gato inconcreto…

Por Manuel António Pina, Todas as Palavras, poesia reunida, Assírio & Alvim, Os gatos, página 35.

2.
…a pequena gata seguia cada um dos meus gestos
como se fossem incertos insectos
correndo inquietos sobre o papel.

Por Manuel António Pina, Todas as Palavras poesia reunida, Assírio & Alvim, “Teoria da composição: a pequena gata (3)”, página 327.

1.
Enroscado, o gato
acorda carícias
na mão do poeta.

Por João Manuel Ribeiro in Burburinhos, Busílis, maio 2015, página 18.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here