COMPARTILHAR

Passado

Passado

0
475

3.
O passado é inútil como um trapo.

Eugénio de Andrade, poema Adeus, in Os amantes sem dinheiro

2.
…Por onde vens, Passado,
pelo vivido ou pelo sonhado?…

Manuel António Pina, Todas as palavras poesia reunida, Assírio & Alvim, Neste preciso tempo, neste preciso lugar, pág. 252.

1.
é uma pedra, cresce como abóbora-menina sobre os nossos ombros

Por Francisco Duarte Mangas in A rapariga dos lábios azuis, Quetzal Editores, 2011, página 99.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here