COMPARTILHAR
Inicio Do Porto Verseto II

Verseto II

Verseto II

0
609

Quando ele dizia : «Perdes o teu tempo», ela pensava sempre: Não, eu ganho tempo… E continuava a pensar e a tecer a sua escrita.

*

Quand il disait : « Tu perds ton temps », elle pensait toujours : Non, je gagne du temps… Et elle continuait à rêver et à tisser son écriture.

Texto de João Pedro Mésseder, tradução de MLP, JPM, JO, revisão de DG / CNA e ilustração de ©Talleen Hacikyan

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here