COMPARTILHAR
Inicio Dicioporto O guarda-rios...

O guarda-rios por Eugenio Montale

O guarda-rios por Eugenio Montale

0
143

Supõe-se
que o guarda-rios não procura
senão almas.

Mais do que uma vez vi alguns
levantar sobre o lodo dos pauis
Relâmpagos de lápis-lazúli.

O seu reino é à medida do milímetro
a sua flecha escapa
ao flash.

Só o guarda-rios
tem a justa medida
e os demais apenas a alma
e o pavor
de perdê-la.

tradução de de Jorge Sousa Braga in Animal Animal, um bestiário poético, Assírio & Alvim, fevereiro 2005, página 104

Partilha

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here