A Velhice

/ 436 leituras
- Estou exausta. Custa-me subir os degraus da vida... Era ...

Sonho

/ 418 leituras
Correr atrás do mundo é muito mais que uma simples corrida...

Pai

/ 489 leituras
Ficas a meu lado e não te vais embora. És o meu Anjo da Gu...

A Morte

/ 561 leituras
Passa por nós como um sendeiro O acaso de todos nós Avança...

/ 456 leituras
todas as noites, no escuro do quarto, eu juro não morrer n...

Domar

/ 467 leituras
Não te deixes que te condicionem. Tampouco te privem do so...

Julgamento

/ 466 leituras
Vi a vida embriagada, mas não a denunciei. Nenhum tribunal ...

Flor do campo

/ 474 leituras
"Nascera flor e flor se sentia. Não uma qualquer - nem poder...

Queda

/ 478 leituras
Vivia refém das palavras que perdera numa rua escura. Lembra...

Salpicos

/ 487 leituras
Michelle pegou no velho postal, tantas vezes lido e relido q...

Às escuras

/ 491 leituras
A rotunda parecia-lhe pequena demais. Talvez fossem as luze...

Quem é você?

/ 488 leituras
Quem é você, que no verão me deixa morta de frio, no outo...

Infidelidade

/ 489 leituras
O dia amanhece Sorrateiramente levanta-se do leito conjuga...

Feito só de pecado

/ 537 leituras
Mesmo sabendo errado Acelerei em frente Sou feito só de pe...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Jorge Nuno Pinto da Costa (1937)

PARA o FC Porto, terminar imediatamente o campeonato até podia ser positivo, tanto ao nível desportivo como financeiro.

Rua da Estrada da Paragem

Texto e foto de Álvaro Domingues

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 998 leituras
Os papalvos são alvos?