Início » Arquivos

Artigos na categoria Letra B

Bailarina
[13 Jun 2017 | Comentar | ]
Bailarina

Borboleta humana.
Por João Pedro Mésseder, in Palavras viageiras, Edições Xerefé 2016, página 3.

B
[16 Abr 2017 | Comentar | ]
B

O B julgava que tinha duas barrigas e morria de desgosto. Até que o médico lhe disse que eram dois pulmões e que escusava de abafar debaixo da roupa para se esconder.
Por Regina Guimarães in Abecedário Abetardário

Bacalhau
[19 Dez 2016 | Comentar | ]
Bacalhau

Nunca percebi por que razão
há cento e uma maneiras
de trair o fiel amigo.
 
Por Francisco Duarte Mangas, in O noitibó, a gralha e outros bichos, Editorial Caminho, Setembro de 2009, página 10.

Baleia
[19 Dez 2016 | Comentar | ]
Baleia

Quando te vejo
qualquer oceano
me parece diminuto.
 
Por Francisco Duarte Mangas, in O noitibó, a gralha e outros bichos, Editorial Caminho, Setembro de 2009, página 10.

Boi
[19 Dez 2016 | Comentar | ]
Boi

Pelos olhos
de melancolia redonda
rumina o verde silêncio
da Primavera.
 
Por Francisco Duarte Mangas, in O noitibó, a gralha e outros bichos, Editorial Caminho, Setembro de 2009, página 12.

Beijo
[19 Dez 2016 | Comentar | ]
Beijo

Entre o céu azul
e o céu da tua boca
 
vai a distância de um beijo.
 
Por César Augusto Romão, in Tanto ar, Propagare, 2009, página 18.
 
 

Beber
[14 Dez 2016 | Comentar | ]
Beber

Beber muito cansa a alma. Deforma o corpo.
 
Por Francisco Duarte Mangas, in A casa dos caçadores, hidra editores, 2007, página 14.

Baptismo
[14 Dez 2016 | Comentar | ]
Baptismo

Primeiro banho de água fria.
 
Por João Pedro Mésseder e Francisco Duarte Mangas, in Breviário da Água, Editorial Caminho, 2004, página 56.

Baptizar o vinho
[14 Dez 2016 | Comentar | ]
Baptizar o vinho

Afogar em água a alegria do vinho.
 
Por João Pedro Mésseder e Francisco Duarte Mangas, in Breviário da Água, Editorial Caminho, 2004, página 56.

Barragem
[14 Dez 2016 | Comentar | ]
Barragem

Campo de concentração de rios e regatos.
 
Por João Pedro Mésseder e Francisco Duarte Mangas, in Breviário da Água, Editorial Caminho, 2004, página 56.

Bolacha de água e sal
[14 Dez 2016 | Comentar | ]
Bolacha de água e sal

Bolacha sem sombra de pecado, inventada pelos franciscanos.
 
Por João Pedro Mésseder e Francisco Duarte Mangas, in Breviário da Água, Editorial Caminho, 2004, página 56.

Dar com os burrinhos na água
[14 Dez 2016 | Comentar | ]
Dar com os burrinhos na água

Ser obrigado a lavar os pobres animais bem lavados.
 
Por João Pedro Mésseder e Francisco Duarte Mangas, in Breviário da Água, Editorial Caminho, 2004, página 58.

Barra
[14 Dez 2016 | Comentar | ]
Barra

a Barra
com um Castelo que só dispara tiros de ondas.
 
Por José Gomes Ferreira, in Ao Porto, Colectânea de Poesia sobre o Porto, organização de Adosinda Providência Torgal e Madalena Torgal Ferreira, Publicações Dom Quixote, 2001, página 79.

Barriga
[14 Dez 2016 | Comentar | ]
Barriga

homem prodigioso, com uma grande barriga sacudida de risadas.
 
Por Raul Brandão, in Os Pescadores, Estante Editora, 2.ª edição, agosto de 2010, página 29.