921
0
COMPARTILHAR
Inicio Do Porto Isabel de Sá ...

Isabel de Sá – do outro lado da pintura

Isabel de Sá – do outro lado da pintura

0
921

O CONCEITO da exposição DO OUTRO LADO DA PINTURA revela o que sempre existiu em paralelo com o acto de pintar: a motivação originada pela fotografia dos modelos/amigos das artistas plásticas e a palavra escrita, a poesia da pintora e poeta Isabel de Sá. Nesta dualidade a pintura aconteceu ao longo de 40 anos.

Os trabalhos expostos apresentam fotografias inéditas dos modelos dos quadros de Graça Martins e a última fase da pintura de Isabel de Sá em que os Livros de Artistas estão incorporados nas suas telas.

ISABEL DE SÁ

Licenciatura em Artes Plásticas-Pintura, Faculdade de Belas-Artes da Universidade do Porto.

Realiza exposições de pintura desde 1977, na Galeria Alvarez e Galeria Dois do Galerista Jaime Isidoro (criador das primeiras Bienais de Arte Contemporânea Internacional de Vila Nova de Cerveira), e publica o seu primeiro livro de poemas, Esquizo Frenia, na editora & etc., em 1979, Lisboa. A sua obra poética encontra-se reunida num volume intitulado Repetir o Poema, Edições Quasi, 2005. Representada na 16ª edição da História da Literatura Portuguesa de António José Saraiva e Óscar Lopes, 1992 e em muitas outras Histórias da Literatura Portuguesas e Dicionários. Poeta convidada para “Vozes e Olhares no Feminino” (Porto 2001- Coordenação de Paulo Cunha e Silva e Isabel Pires de Lima).

Como artista plástica realizou mais de 20 exposições individuais e mais de 30 exposições colectivas, tendo-lhe sido atribuídos os Prémios: Nadir Afonso, em 1983, na Bienal de Chaves, e Prémio de Aquisição do Banco de Fomento, Exposição de Arte Moderna, Lisboa, 1983.

Pintora neo-expressionista nas diversas fases e nos vários suportes utilizados, esteve representada na 1ªFeira Internacional Art Fair Málaga 2017, obras em que integra na pintura novos materiais reciclados do consumismo contemporâneo.

Isabel de Sá tem colaborado como pintora e poeta em vários jornais, colectâneas e revistas, portuguesas e estrangeiras.

Representada na Fundação Escultor José Rodrigues e em várias colecções particulares e institucionais, em Portugal e no Estrangeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here