Pionés por PML

/ 727 leituras
MEMÓRIA descritiva: imagem de um pionés sob o texto – Contig...

Bola de papel amarrotado por PML

/ 725 leituras
MEMÓRIA descritiva: imagem de uma bola de papel amarrotado s...

Balão de S. João por PML

/ 896 leituras
– O brilho do teu olhar inflama o meu coração. Por Paulo ...

Papel-Bíblia por João Pedro Mésseder

/ 793 leituras
MEMÓRIA descritiva: sobre uma bíblia está aposto: PAPEL-PENS...

Boletim de voto

/ 415 leituras
- Sou o menu da democracia. Por PML HÁ o papel-moe...

Cartão por João Pedro Mésseder

/ 541 leituras
– Denso, logo resisto. (É cartesiano este cartão.) Por Jo...

Tesoura por PML

/ 787 leituras
- És cruel. E quanto mais romba estiveres mais dores me caus...

Papel por Firmo

/ 973 leituras
- Todos temos um papel Por Firmo HÁ o papel-moeda,...

Revolta do papel selado

/ 1419 leituras
LEMBRAM-SE do papel selado? Daquelas folhas azuis, pautadas,...

Borboleta de Ramón e Maria Tereza

/ 964 leituras
- Quando pousa em todas as flores é a dactilógrafa do jardim...

Selo do correio por João Pedro Mésseder

/ 713 leituras
– Línguas de bagaço, línguas de tinto, línguas de café… Isso...

Andante por PML

/ 695 leituras
- Viajo no tempo. Por Paulo Moreira Lopes HÁ o pap...

Papagaio de papel por Teresa Guedes

/ 1850 leituras
Voo Voo sem parar, Mas se o vento se zanga e pára, abrand...

Avião de papel por João Pedro Mésseder

/ 2847 leituras
– Mais low cost do que eu não há. Por João Pedro Mésseder...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Bragança Fernandes (1948)

O seu (José Vieira de Carvalho) maior orgulho era a Maia. A Maia que ele sonhou, que ele conquistou, e que irrompeu das suas fronteiras em direcção ao cume dos Municípios. Viveu pela Maia e pela Maia morreu. 

Rua da Estrada de Arbo

Texto e foto de Álvaro Domingues

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 779 leituras
Chegaremos aos quatrocentos?