Revolta do papel selado

/ 1271 leituras
LEMBRAM-SE do papel selado? Daquelas folhas azuis, pautadas, com o selo na parte superior e que era de uso obriga­tório para requerimentos, exposições, petições, etc? O que muita gente não d...

Borboleta de Ramón e Maria Tereza

/ 820 leituras
- Quando pousa em todas as flores é a dactilógrafa do jardim. Da autoria de Ramón Gómez de la Serna publicado in Greguerías, uma seleção e tradução de Jorge Silva Melo, Assírio & Alvi...

Selos do correio por João Pedro Mésseder

/ 642 leituras
– Línguas de bagaço, línguas de tinto, línguas de café… Isso era dantes. Agora sou auto-colante. Por João Pedro Mésseder HÁ o papel-moeda, o papel-bíblia, o papel-couché, o papel-h...

Andante por PML

/ 620 leituras
- Viajo no tempo. Por Paulo Moreira Lopes HÁ o papel-moeda, o papel-bíblia, o papel-couché, o papel-higiénico, o papel mata-borrão, o papel reciclado e outros papéis que nos dispen...

Papagaio de papel por Teresa Guedes

/ 1753 leituras
Voo Voo sem parar, Mas se o vento se zanga e pára, abrando…, abrando…, desço…, desço… e caio c 00a 0000i 000000o 0000000000d 0000000000000e 000000000000000v 00000000000000000a ...

Avião de papel por João Pedro Mésseder

/ 2705 leituras
– Mais low cost do que eu não há. Por João Pedro Mésseder HÁ o papel-moeda, o papel-bíblia, o papel-couché, o papel-higiénico, o papel mata-borrão, o papel reciclado e outros papéi...

Folha de papel por Carlos Oliveira

/ 1392 leituras
- Sou o vagaroso estrume do poema. Por Carlos Oliveira, in A leve têmpera do vento, seleção e nota de João Pedro Mésseder, edições Quasi, Novembro 2001, página 103. HÁ o papel-moed...

Livro fechado por Inês Lourenço

/ 506 leituras
- O tempo que passei fechado sem nenhum leitor, justificou ser imolado pelas traças. Por Inês Lourenço, in O segundo olhar, Companhia das Ilhas, 2015, página 173. HÁ o papel-moeda,...

Cigarro por Carlos Oliveira

/ 567 leituras
- Sou a medida real do tempo. Por Carlos Oliveira, publicado in A fuga, da obra O aprendiz de feiticeiro, Assírio & Alvim, julho 2004, página 187. HÁ o papel-moeda, o papel-bíb...

Parker por Alexandre O’Neill

/ 578 leituras
- Preenche em silêncio o seu papel. Por Alexandre O'Neill HÁ o papel-moeda, o papel-bíblia, o papel-couché, o papel-higiénico, o papel mata-borrão, o papel reciclado e outros papéi...

Fotografia por Ambrose Bierce

/ 668 leituras
- Um quadro pintado pelo sol, que não tem conhecimentos de arte. Tradução para português de Rui Lopes, publicado na obra Dicionário do Diabo, Edições Tinta da China, 1.ª edição, janeiro d...

Olhos por Almada Negreiros

/ 1011 leituras
- Os olhos são para ver e o que os olhos veem só o desenho o sabe. Por Almada Negreiros publicado no autorretrato. HÁ o papel-moeda, o papel-bíblia, o papel-couché, o papel-higiéni...

Encyclopedia by Carlos Drummond de Andrade and Nadia Poltosi

/ 642 leituras
- I am the tower of babel organized. * - Sou a torre de Babel organizada.  Aforismo de Carlos Drummond de Andrade, publicado in O avesso das coisas, Editora Record, 2.ª edição 1990 e il...

Magnifying glass by Francisco Duarte Mangas and Juan Sebastián Carnero

/ 759 leituras
- You fatten words. * - Engordas as palavras. Metáfora da autoria de  Francisco Duarte Mangas inserta na página 27 da obra Jacarandá, edição Teodolito, junho de 2015 e ilustração de Juan ...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Manuel Pizarro (1964)

TEMOS uma posição na fachada atlântica altamente privilegiada para nos podermos afirmar como dos grandes players europeus do sector das pescas. Mas não basta. Temos de trabalhar em medidas e instrumentos que tornem esta atividade mais atrativa.

Maxilar deslocado

Desde que os humanos investem nas suas cabanas e abrigos pouco primitivos, têm vindo a aumentar e a diversificar-se o número de próteses domésticas que tornam os espaços habitáveis, confortáveis e usáveis para os mais diversos e inesperados fins.

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 902 leituras
Antes de haver telemóvel, como é que as pessoas incomunicavam?