Verseto IV

/ 920 leituras
Não é o tempo que foge, é o corpo que tenta fugir do tempo, ...

Verseto III

/ 860 leituras
Há quanto tempo começou o tempo a preocupar-te? Quero dizer:...

Verseto II

/ 1062 leituras
Quando ele dizia : «Perdes o teu tempo», ela pensava sempre:...

Verseto I

/ 1002 leituras
Difere tanto assim o tempo que faz do tempo que corre? * S...

Verseto XIX

/ 924 leituras
«Que te diz o tempo, sempre?» «Diz-me: Vai-te.» * «Que te...

Verseto XVIII

/ 781 leituras
Temporal: talhada de tempo muito chovida e ventada. Às vezes...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Bragança Fernandes (1948)

O seu (José Vieira de Carvalho) maior orgulho era a Maia. A Maia que ele sonhou, que ele conquistou, e que irrompeu das suas fronteiras em direcção ao cume dos Municípios. Viveu pela Maia e pela Maia morreu. 

Rua da Estrada de Arbo

Texto e foto de Álvaro Domingues

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 1529 leituras
A quantos decibéis pulsa um coração apaixonado?