PALAVRAS VIVAS XXIV da AGITAR e do Centro Social da Sé

/ 880 leituras
MEMÓRIA descritiva: APOIAR: depois de escrita a palavra, as letras afastam-se umas das outras, após uma pequena pausa, juntam-se novamente ficando muito próximas; ENVELHECER: sai o m...

PALAVRAS VIVAS XXV da AGITAR e do Centro Social da Sé

/ 781 leituras
MEMÓRIA descritiva: APRENDER: ao contrário do habitual, a palavra aparece de imediato e na sua totalidade, mas desfocada, indo progressivamente ganhando nitidez; BENGALA: saem as let...

PALAVRAS VIVAS XVIII

/ 766 leituras
MEMÓRIA descritiva: ACORDAR: o A e o C sobem para cima do O; AJOELHAR: depois de escrita a palavra o segundo A passa para debaixo do R, o H para debaixo do A, o L para debaixo do H e...

PALAVRAS VIVAS V

/ 720 leituras
MEMÓRIA descritiva: TRANSPARENTE: depois de escrita a palavra ela fica de cor cinzenta igual ao fundo; ÓCULOS: o U+L+S saem e ficam só O+C+O, sendo que o C roda 90º, formando a imagem ...

PALAVRAS VIVAS XX

/ 699 leituras
MEMÓRIA descritiva: ADORMECER: primeiro apaga-se o A, depois a DOR, a seguir o ME e por fim o CER(1) ; FUGIR: cada uma das letras foge para seu lado; MERGULHAR: a palavra inclina-se ...

PALAVRAS VIVAS I

/ 682 leituras
MEMÓRIA descritiva: CILINDRO: o O passa a círculo com um ponto branco no interior, depois passa por cima das restantes letras e estas ficam numa linha; ESPAÇO: entre o P e o A abre-s...

PALAVRAS VIVAS XIX

/ 673 leituras
MEMÓRIA descritiva: ABADE: a barriga inferior do B cresce; FISSURA: desaparece um dos S; CÉLERE: depois de escrita a palavra esta sai muito rapidamente pelo lado direito da caixa; DE...

PALAVRAS VIVAS IV

/ 665 leituras
MEMÓRIA descritiva: PRETO: depois de escrita a palavra o fundo fica de cor preta; CADEIRA: Saem todas as letras exceto o R, cuja cara desaparece, ficando a parte restante da letra (p...

PALAVRAS VIVAS XVI

/ 655 leituras
MEMÓRIA descritiva: CÃO menos DONO é igual a VADIO; CASAMENTO a dividir por DESILUSÃO é igual a DIVÓRCIO com resto DOR; CORRER a multiplicar por HORAS é igual a MARATONA; RIO mais BA...

PALAVRAS VIVAS VII

/ 655 leituras
MEMÓRIA descritiva: VÍRGULA: o acento agudo voa por cima da palavra até assentar ao lado do A (parecido com FIM); CRUZ: o Z transforma-se em X; METADE: depois de escrita toda a palav...

PALAVRAS VIVAS VIII

/ 647 leituras
MEMÓRIA descritiva: COPO: o primeiro O desce para debaixo do P que perde a cabeça e fica só com a haste, enquanto o C, rodando 90º em sentido contrário ao dos ponteiros do relógio, c...

PALAVRAS VIVAS XXIII

/ 644 leituras
MEMÓRIA descritiva: ANDOR: o A passa para cima da DOR enquanto o N se duplica, ficando um debaixo do D e outro do R, saindo o conjunto de modo lento pelo lado direito da caixa; CONTR...

PALAVRAS VIVAS XXI

/ 637 leituras
MEMÓRIA descritiva: ZERO: sai o Z, o E e o R e fica só o O; DOIS: sai o D, o O e o I, sendo que o S inverte-se (roda para a esquerda); TRÊS: sai o T, o R e o S, ficando o E sem acent...

PALAVRAS VIVAS VI

/ 635 leituras
MEMÓRIA descritiva: CAFÉ: o E passa a ter quatro acentos, primeiro agudo, depois grave, agudo e por fim grave, apagando-se e acendendo-se de baixo para cima; PONTO: saem PONT, e o in...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Rui Moreira (1956)

Se houver cuidado e proteção está-se a contribuir para uma concorrência leal. Os bons empresários estão interessados neste acordo porque a concorrência mais desleal é aquela que descuida a segurança e a proteção dos trabalhadores.

Rua da Estrada de Atenas

ANDAVAM os antepassados da Angela Merkel nas cavernas por entre ursos e outras barbaridades, quando Péricles edificava Atenas antes das guerras do Peloponeso.  Era assim o mundo, aos encontrões, como sempre. Depois de edificar a Acrópole verificou-se que custava muito lá subir e muito ventosa. De íngreme que era e de caminhos mal empedrados, as quadrigas patinavam e viravam-se de rodas e pernas para cima. Então, depois de muitos séculos prodigiosos, conseguiu-se finalmente domesticar os cavalos de uma maneira diferente de modo a que coubessem às dezenas e às centenas nos motores dos automóv...

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 444 leituras
Quando há problema, mais difícil é resolver o prob ou o lema?