COMPARTILHAR

Relógio

Relógio

0
517

1.
Quiróptero
de uma paciência extraordinária
não sem seu quê de crueldade,
sobretudo
com xadrezistas e noivos.

Sem dúvida,
é cordial às 3 menos um quarto
tal como às 9h 15, os únicos momentos
em que estaria disposto a dar-nos um abraço

por Nicolás Gullén in O grande Zoo, tradução de Carlos Pereira, editora Centelha, Coimbra 1973, página 50

2.
Às vezes isso realmente incomoda-me –
a forma como os ponteiros do relógio se movem,

mesmo quando estou aqui sentada
a não fazer absolutamente nada,

nem sequer a pensar em nada
exceto, como agora, a pensar sobre aquele relógio

e como não consegue manter as mãos paradas.
Mesmo no escuro eu imagino-o, e todos

os seus irmãos e irmãs e outros semelhantes,
até mesmo os relógios de sol, todos esses contadores compulsivos

cujo único propósito parece ser
empurrar-me daqui para fora.

por Linda Pastan in Traveling Light, tradução de PML

Partilha

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here