Inicio Tags Jorge Sousa Braga

Jorge Sousa Braga

O polvo por Guillaume Apollinaire

/ 126 leituras
Lançando a sua tinta para o céu sugando o sangue daqueles q...

O gato por Guillaume Apollinaire

/ 124 leituras
Na minha casa desejo ter uma mulher que imponha a sua razão...

O dromedário por Guillaume Apollinaire

/ 126 leituras
Com os seus quatro dromedários Dom Pedro pôde correr os qu...

1909 ou A dama do vestido cor-de-púrpura por Guillaume Apollinaire

/ 134 leituras
A dama tinha um vestido de seda cor-de-púrpura e a sua tún...

Algumas considerações sobre o desfiladeiro das Termópilas

/ 191 leituras
Para quê as cimeiras as mesas de conversações Os grandes pr...

Praça dos Leões por Jorge Sousa Braga

/ 245 leituras
Estou aqui à tua espera num café da Praça dos Leões Combin...

Mais um molusco para o Grande Zoo de Nicolás Guillén

/ 159 leituras
Não são os pequenos polvos dos bairros suburbanos (que se pe...

Como matar um peixe por Jorge Sousa Braga

/ 191 leituras
Há várias maneiras de matar um peixe deixá-lo a estrebuchar...

Pata por Vasko Popa

/ 161 leituras
Ela meneia-se através da poeira onde não há peixes a sorrir...

A mosca por William Blake

/ 205 leituras
Não serei eu uma mosca também? E não serás tu como eu um ...

Hipopótamo

/ 1230 leituras
1. O seu olho periscópio espreita o perigo secreto do Hom...

O frigorífico branco

/ 188 leituras
O frigorífico estava vazio Apesar desse aspecto desolador ...

Errata

/ 11744 leituras
A imprensa devastará o que a sífilis deixou. As causas dos amolecimentos cerebrais do futuro já não poderão ser determinadas com segurança. (Karl Kraus, na tradução de Lumir Nahodil) Primeira errata: onde se lê «imprensa», deve ler-se «televisão». Onde se lê «sífilis», deve ler-se «imprensa». Segunda errata: onde se lê «televisão», deve ler-se «redes sociais». Onde se lê «imprensa», deve ler-se «televisão». por Rui Manuel Amaral

Nomes por Krystyna Dąbrowska

/ 222 leituras
Verão, a estação das melancias. E da tua história com elas:...

Presente por Czesław Miłosz

/ 188 leituras
Um dia tão feliz. A neblina dissipou-se cedo, trabalhei no ...