614
0
COMPARTILHAR
Inicio Rua da Estrada Rua da Estrad...

Rua da Estrada da Igreja Maná

Rua da Estrada da Igreja Maná

0
614

UMA casa kitada é uma casa pensada para ser casa. Assim era no início. Antes da casa havia a Rua da Estrada e o seu caudal intenso de máquinas rolantes que por aí vão até onde se quiser, Roma ou Pavia. Pela razão que dentro das máquinas vão pessoas e porque em economia pessoas são consumidores, resulta que a Rua da Estrada é uma constante procissão de consumidores potenciais. Por isso se abrem negócios no rés-do-chão das casas. Claro que os consumidores em movimento terão de estacionar senão estaríamos condenados às televendas e às telecompras em trânsito. Em último caso sacrifica-se o jardim para parque de estacionamento, alarga-se a entrada e baixam-se os muros para garantir uma boa visibilidade do negócio. Para que nada falhe, coloca-se publicidade com iluminação noturna. Fica assim a casa verdadeiramente kitada: metade casa, metade empresa, armazém, escritório, restaurante, café…, metade privada, metade pública (reservado o direito de admissão).

O caso aqui é bem mais sério. Em vez de negócio, há uma igreja e o jardim dividiu-se longitudinalmente para garantir o acesso reservado à porta da casa no andar térreo. Nunca houvera visto.

Todos os servos de Deus na Igreja Maná têm que estar registados nesta plataforma, para poderem receber estudos semanalmente, receber instruções para cada departamento da Igreja, e também, prestar contas aos seus superiores, de uma forma organizada e rápida, usando a tecnologia que está ao seu dispor. É isto que reza no endereço http://www.igrejamana.com e muitas coisas mais, Todos os meses é criado um e-book “Manual do Pregador”, com os temas das pregações semanais, explicando detalhadamente, o planeamento de cada reunião. Também serve como treino para os novos pregadores e pastores que não tem experiência na área de pregação. O Apóstolo Tadeu, ex-Engº Jorge Tadeu, fundou a Igreja Maná em 1984 com um Grupo Familiar em sua casa (também era uma casa). A Convenção Jovem 2018 teve como lema “Firmes na Estrada” (também é na estrada). Os testemunhos de graças e curas recebidas são inúmeros: bullying, problemas na coluna, pancreatite, cancro no seio, bruxaria, etc., negócios, muitos negócios. Pagam-se dízimos e comercializa-se uma grande variedade de vídeos.

Será uma casa de deus este local de culto? Se for, é a primeira vez que deus e os humanos partilham a mesma casa na Rua da Estrada. A Igreja Maná também divide o painel publicitário com a PlastiCar que diz que faz plasticização.

É muita e variada convivência.

SOBRE O AUTOR:
Álvaro Domingues (Melgaço, 1959) é geógrafo e professor na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, onde também é investigador no CEAU-Centro de Estudos de Arquitectura e Urbanismo. É autor de A Rua da EstradaVida no Campo e Volta a Portugal. Colabora com o Correio do Porto desde janeiro de 2015.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here