298
0
COMPARTILHAR
Inicio Poemário Regina Gouvei...

Regina Gouveia (1945)

Regina Gouveia (1945)

0
298

3.
Da crisálida
irrompeu, num grito azul,
a mariposa.

2.
Forte, o vento
fustigou a tímida sombra
do salgueiro.

1.
Em noites cálidas
cintilam pirilampos. Cortejam
estrelas cadentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here