1055
0
COMPARTILHAR
Inicio Poemário Catarina Dini...

Catarina Dinis (1981)

Catarina Dinis (1981)

0
1055

5.
A vida desbota-se
desgasta-se
como uma antiga fotografia,
a cor vai-se perdendo
com o lento passar da memória 

4.
Entre os terrores da existência,
O que nos vale,
É a acalmia de um coração apaixonado 

3.
Em ti… os momentos
São feitos de algodão doce
As manhãs feitas de suave chocolate
As noites têm a suavidade
Da seda que envolve a alma 

2.
Apenas um horizonte nos separa…
O infinito dos sonhos… 

1.
Amei-te tanto
que desgastei o verbo amar
amei-te tanto
que com tanto amor apaguei-te 

Catarina Dinis nasceu em Fânzeres, Gondomar, vivendo atualmente em Amarante. Esteve dois anos no México, a quem chama o país da sua alma, por a ter marcado enquanto pessoa e até na forma de escrever. Tem o 12.º ano de Comunicação e Difusão e um curso de Animadora Sociocultural que põe em prática na sua vida profissional. Escreve desde os 13 anos. Diz que a escrita é uma forma de refúgio ou de se transformar num ser diferente. Durante o tempo que esteve no México escreveu sob o nome de Nina, em Portugal optou pelo ortónimo. Já publicou “As histórias que os livros não contam”; “Teus Olhos Lilases”; “Saudade do Ontem” e “Idílico”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here