COMPARTILHAR

Bem-querer

Bem-querer

0
476

Era fala antiga, repetida por anos
e anos. O bem-querer tem duas
mãos. Se for só de ida, pode
apenas passar pelo outro. Sendo
de ida e volta, haverá o encontro.
Alertou, e como cuidou! Um dia,
cansada, não quis mais migalha.
Juntou os trastes, vestiu a melhor
roupa, bateu a porta. Não levou a
chave.

Por Regina Ruth Rincon Caires, que vive em Campinas, São Paulo, Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here