231
0
COMPARTILHAR
Inicio Do outro mundo Porto visto p...

Porto visto por Mara Libber

Porto visto por Mara Libber

0
231

MARA Libber é natural do Rio de Janeiro onde sempre viveu. As paisagens e personagens desta cidade são inspiradoras para as suas atividades artísticas e, particularmente, as literárias. Já teve a mania dos postais. Atualmente só gosta de receber. Tem pena que a correspondência postal não seja mais popular no Brasil, mas os microcontos/nanocontos estão ganhando espaço no mundo literário. Ainda não visitou o Porto e, por agora, associa-o ao vinho e à universidade.

Por Paulo Moreira Lopes

1 – Data de nascimento e naturalidade (freguesia e concelho)?

28/02/1964 – Rio de Janeiro – Brasil.

2 – Atual residência (freguesia e concelho)?

Rio de Janeiro – Brasil.

3 – Em que outros locais viveu de modo permanente?

Sempre no Rio de Janeiro.

4 – Habilitações literárias?

Graduação para a docência.

5 – Atividade profissional?

Professora.

6 – Em que medida o local onde nasceu e viveu ou vive, influenciou ou influencia a sua vida artística?[1]

A cidade do Rio de Janeiro com suas paisagens e personagens é inspiradora para as atividades artísticas e, particularmente as literárias.

7 – Quando pensa na cidade do Porto lembra-se imediatamente de quê?

O vinho, a universidade e seus acadêmicos.

8 – Já visitou o Porto? Em caso afirmativo, por que motivo e qual a ideia com que ficou da cidade e da região?

Nunca visitei.

Literatura postal

9 – Tem a mania dos postais? Em caso afirmativo como explica essa apetência por uma literatura tão sucinta e tão efémera?

Já tive e foi uma época muito boa e produtiva.

10 – Sente mais prazer em comprar, escrever e enviar o postal, em saber que foi recebido por outro ou em receber postais de outros?

Atualmente gosto de receber!

11 – Tendo em conta a popularidade da correspondência postal, será que podemos falar de uma literatura postal, quem sabe como uma derivação dos contos ou microcontos?

Infelizmente a correspondência postal não é mais popular no Brasil mas os microcontos/nanocontos estão ganhando espaço no mundo literário.

12 – Endereço na web/blogosfera para a podermos seguir?

Não tenho um canal específico de literatura. Disponibilizo meu e-mail para troca de ideias: maralibber@gmail.com

[1] a pergunta pressupõe a defesa da teoria do Possibilismo (Geografia Regional ou Determinismo mitigado) de Vidal de La Blache, depois seguida em Portugal por Orlando Ribeiro, de que o meio (paisagem, rios, montanhas, planície, cidade e, acrescentamos nós, linguagem, sotaque, festividades, religião, história) influenciam as opções profissionais e artísticas dos naturais desse lugar.

Quem é você por Mara Libber para a I Convocatória de Histórias em Postais.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorCerejas
Próximo artigoFatwa! (IV)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here