COMPARTILHAR
Inicio Do outro mundo O poeta decla...

O poeta declara a sua fama por Jorge Luis Borges

O poeta declara a sua fama por Jorge Luis Borges

0
354

O círculo do céu mede a minha glória
as bibliotecas do Oriente disputam entre si os meus versos
os emires procuram-me para me encherem de oiro a boca,
os anjos já sabem de cor o meu último ‘zéjel’
os meus instrumentos de trabalho são a humilhação e a angústia;
oxalá eu tivesse nascido morto.

Do Diván de Albulcásim el Hadrami (século XII)

tradução de Jorge Sousa Braga in Museu & Outros poemas, Jorge Luis Borges, Fenda, 1982

Partilha

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here