COMPARTILHAR
Inicio Do outro mundo Nunca mais o ...

Nunca mais o canto dos pássaros foi o mesmo por Robert Frost

Nunca mais o canto dos pássaros foi o mesmo por Robert Frost

0
518

Ele gostava de dizer e até de acreditar
que os pássaros em redor do jardim
por terem ouvido a voz de Eva
tinham acrescentado à sua própria voz algo mais,
um tom de significado, mas sem palavras.
Reconhecidamente uma eloquência tão suave
só poderia ter influenciado as aves
quando o chamamento ou o riso as elevava tanto.
Seja como for, ela estava nas canções deles.
Além disso, a voz dela ao cruzar-se com a deles
ao ter persistido na floresta por tanto tempo
é provável que nunca se tenha perdido.
Nunca mais o canto dos pássaros foi o mesmo.
E foi para isso que ela veio até nós.

por Robert Frost in On wings of song, poems about birds, seleção de J. D. McClatchy, Everyman’s Library, Pocket Poets, Alfred A, Knopf – New York – Toronto, página 173

Partilha

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here