COMPARTILHAR
Inicio Do outro mundo Exercício de ...

Exercício de tiro na escola primária do meu filho por Oksana Maksymchuk

Exercício de tiro na escola primária do meu filho por Oksana Maksymchuk

0
209

Tu existes
porque uma tarde
o teu avô desceu à cave
para escolher batatas.
Ouviu tiros, gritos.
Assustado, escondeu-se até ao anoitecer.
Quando voltou
não encontrou ninguém.
Era março.
As cerejeiras no jardim escuro
estavam atentas.
Ele tinha acabado de fazer sete anos.
Eu sei, diz o meu filho de seis anos.
É por isso que na minha escola
fazemos simulacros. Quando o sino toca
o nosso professor tranca a porta da sala de aula.
Nós escondemo-nos atrás das mesas.
Não nos movemos, não falamos.
Façam de mortos, diz o professor. Então eu finjo.
Todos nós fingimos
estar mortos.

tradução de Jorge Sousa Braga

Partilha

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here