COMPARTILHAR
Inicio Do outro mundo Adlestrop por...

Adlestrop por Edward Thomas

Adlestrop por Edward Thomas

0
255

Sim. Eu lembro-me de Adlestrop –
do nome, porque numa tarde
de calor o comboio parou lá
por acaso. Foi em finais de junho.

O comboio apitou. Alguém tossiu.
Ninguém saiu nem apareceu
na plataforma deserta. O que vi
foi Adlestrop – só o nome

e salgueiros, salgueiros-erva, e erva,
e sabugueiros, medas de palha,
tudo tão sossegado e solitário
como as altas nuvens no céu.

E por uns minutos um melro cantou
por perto, e em redor, muito nublado,
até perder de vista, todos os pássaros
de Oxfordshire e Gloucestershire.

versão de PML

ver comemoração do centenário aqui 

Partilha

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here