COMPARTILHAR
Inicio Do Porto Rotunda da Bo...

Rotunda da Boavista

Rotunda da Boavista

0
567

Ando às voltas desta rotunda há tanto tempo
que já não sei o que vim aqui fazerjá não sei se vou ao Foco dar um abraço ao meu tioou se vou enterrá-lo em Agramontese vou ao Centro de Medicina ou se vou lancharcom a minha professora de português se vou adiar a tropase ando nas aulas de condução ou se vou à Feira do Livroà Casa da Música a Serralves ao Castelo do Queijoao Parque da Cidade ao Brasília ou à festa do S. Joãoou se vou ver o meu filho na ecografia ouse venho para casamas para casa não pode serporque eu ando às voltas desta rotundadesde que me conheçoaliás só saí daqui uma vezpara ir ao Brasíliaexperimentar a escada rolante– foi subir e descer subir e descerAndo às voltas desta rotunda há tanto tempoque já me esqueci se o leão continua em cima da águiaou se já mudaram de posiçãoAndo às voltas desta rotunda há tanto tempoque um dia faço aqui um piqueniqueAndo às voltas desta rotunda há tanto tempoque já transporto cães e gatos para o outro lado da ruasó para não serem atropeladosAndo às voltas desta rotunda há tanto tempoque já nem com as obras eu descanso– arranjam sempre forma de desviar o trânsito

Ando às voltas desta rotunda há tanto tempo
que a rotunda deixou de ser uma rotunda
para ser o umbigo do mundo

Ando às voltas desta rotunda há tanto tempo
que a única solução para sair daqui
vai ser andar em contramão

PML

ver local aqui 

Partilha

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here