3672
0
COMPARTILHAR
Inicio Do Porto Mariana Monte...

Mariana Monteiro, 39 anos

Mariana Monteiro, 39 anos

0
3672

É PROVÁVEL que o seu nome ainda faça correr muita tinta. Gostaria de viajar por todos os sítios por onde ainda não viajou, gosta dos Contos de Amor de Hermann Hess e de sardinhas assadas com pimentos. Mariana Monteiro liderou o grupo de investigadores que descobriu uma vacina adjuvante no tratamento da obesidade. Os resultados do seu estudo causaram furor perante a  93ª Reunião Anual da Sociedade de Endocrinologia que decorreu recentemente, em Boston.

Mariana Monteiro é Professora Associada do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) e investigadora da Unidade Multidisciplinar de Investigação Biomédica (UMÎB) da Universidade do Porto. Licenciou-se em Medicina em 1996 pela Faculdade de Medicina do Porto e concluiu a especialidade de Endocrinologia, em 2005, no Hospital de Santo António, Porto. Doutorou-se em Medicina com a tese intitulada “Mechanisms of gastro-intestinal hormone induced weight loss”, no ICBAS, Universidade do Porto, em 2007.

Tem um interesse particular em Obesidade e regulação do apetite, no seu aspecto clínico e de investigação básica. Durante o internato complementar da especialidade foi durante um ano, enquanto Bolseira da Fundação Gulbenkian, Visiting Research Fellow no Department of Metabolic Medicine do Hospital de Hammersmith, do Imperial College em Londres, dirigido pelo Prof. S. Bloom, uma referência mundial em hormonas gastro-intestinais e regulação do apetite.Foi aqui que adquiriu experiência em técnicas de investigação básica nesta área.

Actualmente, coordena na UMIB, uma equipa de investigação em ghrelina e NPY, mantém uma colaboração internacional com o Imperial College na qualidade de Honorary Lecturer e trabalha no Hospital de Entre-o-Douro e Vouga na Consulta Muldisciplinar de Obesidade como Consultora de Endocrinologia.

Em 2009 venceu o Prémio de Investigação Clínica e em 2010 venceu o Prémio de Investigação Básica, ambos da Sociedade Portuguesa de Endocrinologia. Em 2008 já conseguido o Prémio de Melhor Comunicação Oral da Sociedade Portuguesa para o estudo da Obesidade.

– De que mais gosta na Universidade do Porto?

Do potencial de desenvolvimento e do contacto com os estudantes, que são um desafio e uma fonte constante de inspiração.

– O que menos gosta na Universidade do Porto?

Do reduzido número de parcerias entre os diferentes departamentos e instituições da Universidade, cuja complementaridade poderia melhorar à respectiva produtividade.

– Expresse uma ideia para melhorar a Universidade do Porto?

No domínio da medicina, um grande avanço seria o desenvolvimento de centros de investigação transnacional que reunissem a investigação clínica à investigação básica.

– Como prefere passar os tempos livres?

A brincar com os meus filhos.

– Uma viagem de sonho (realizada ou por realizar)?

Todas as que ainda não fiz. Adoro viajar.

– Um livro preferido?

Contos de Amor de Hermann Hesse.

– Um disco preferido?

As variações Goldberg de JS Bach.

– Um prato preferido?

Sardinhas assadas com pimentos.

– Um filme preferido?

Shine de Scott Hicks.

– Uma aspiração?

Ver surgir na Universidade do Porto centros de investigação transnacional no domínio da Endocrinologia.

– Um objectivo de vida?

Continuar a trabalhar no desenvolvimento da vacina anti-ghrelina idealmente até a fazer chegar à prática clínica.

11 de Julho de 2011

Publicado in http://noticias.up.pt/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here