1763
0
COMPARTILHAR
Inicio Do Porto José Paulo So...

José Paulo Souto, 18 anos

José Paulo Souto, 18 anos

0
1763

JOSÉ Paulo Souto, atleta da Casa do Benfica em Paredes, sagrou-se, este fim-de-semana, Campeão do Mundo de Patinagem Artística na categoria de Solo Dance, em Juniores. Na competição, que decorreu em Reus, Espanha, o atleta de Ermesinde conquistou ainda, juntamente com a irmã, Mariana Souto, o 3.º lugar na categoria de Pares de Dança, trazendo para Portugal a medalha de bronze. “Ser campeão do mundo é certamente o sonho de qualquer atleta e é para mim a maior recompensa por todo o trabalho realizado, não só por mim mas por todos os que me acompanham”, afirma o jovem de 18 anos, estudante de Medicina

É natural do Porto, mas foi em Ermesinde que sempre viveu. E foi no concelho de Valongo que, apenas com quatro anos, patinou pela primeira vez. “Comecei a patinar aos quatro anos no Centro Social e Paroquial de Alfena, clube que ficava pertíssimo do infantário que frequentava na altura. Os meus pais levaram-me a mim e à minha irmã para experimentar e acabei por ficar”, contou ao VERDADEIRO OLHAR. Foi também com a irmã que, desde muito novo, começou a competir em Pares de Dança na Patinagem.

Já foi atleta do Clube de Patinagem de Baguim e, desde o início de 2014 está na Academia de Patinagem Artística da Casa do Benfica em Paredes, recentemente criada. Veio atrás do treinador de sempre, Filipe Sereno, não esconde. Mas tem também recebido apoio da Câmara Municipal de Paredes e da Câmara Municipal de Gondomar, que cedem os pavilhões onde treina, normalmente duas vezes por dia. “A patinagem artística é um desporto que exige muito esforço e trabalho”, salienta.

Já foi duas vezes Campeão da Europa

Ingressou na competição muito cedo, mas os resultados não vieram logo. Depois das primeiras conquitas nacionais começou a participar em campeonatos internacionais desde 2010, tendo já conquistado várias medalhas de prata e bronze e também ouro. Na categoria de Solo Dance já se sagrou, por duas vezes, Campeão da Europa (juvenil), em 2012 e 2013. E foi agora Campeão do Mundo, em juniores. Já em Pares de Dança, com a irmã, foi duas vezes campeão da Europa, em cadetes (2010) e juvenis (2013). Neste Campeonato do Mundo conseguiram o terceiro lugar do pódio.

“Sabia que estava em boa forma, mas apenas ia com o objectivo de dar o meu melhor, tentando não pensar em classificações a obter. Ser campeão do mundo é certamente o sonho de qualquer atleta e é para mim a maior recompensa por todo o trabalho realizado”, afirma o jovem atleta. José Paulo Souto conquistou a medalha de ouro deixando a concorrência a grande distância em termos de pontuação.

Concilia a competição com o curso de Medicina

O jovem de Ermesinde sempre conseguiu conciliar a escola com a competição e é bom aluno. Entrou este ano para o curso de Medicina. Para já ainda não foi difícil conjugar as duas actividades, já que as aulas ainda agora começaram, mas “os estudos estão sempre em primeiro lugar”, garante. Ainda assim, quer continuar a praticar a modalidade e a competir ao mais alto nível enquanto for possível.

Treinador é um exemplo

Quando se fala de exemplos a seguir na Patinagem Artística, José Paulo Souto não tem dúvidas: “o meu treinador, Filipe Sereno”. “Ele destaca-se pelo seu empenho e entrega à patinagem e aos seus atletas, muitas vezes superando o empenho dos próprios atletas”, explica.

Elogiando as suas qualidades como treinador e, “acima de tudo”, amigo, o jovem garante que é um sortudo por tê-lo como guia na carreira.

“Por detrás de um bom atleta estará sempre um treinador ainda melhor”, conclui.

Publicado in O verdadeiro Olhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here