1551
0
COMPARTILHAR
Inicio Do Porto Hugo Chapouto...

Hugo Chapouto, 26 anos

Hugo Chapouto, 26 anos

0
1551

CONSIDERADO como o maior valor da patinagem artística nacional e dos melhores a nível mundial, na vertente de solo dance, com apenas 25 anos, Hugo Chapouto sagrou-se, no final de 2010, e pela segunda vez consecutiva, Campeão Mundial de Solo Dance de Patinagem Artística. É o primeiro português campeão do mundo nesta modalidade.

O “galáctico” atinge, assim, o expoente máximo da patinagem artística portuguesa, isto depois de ter deixado para trás o título de campeão mundial em Friburgo (2009, Alemanha) e ter dominado os três últimos europeus em Trieste (2008, Itália), Luso (2009) e Catânia (2010, Itália) na variante de dança solo.

A paixão que Hugo Chapouto nutre pela modalidade, iniciada quando aos sete anos descobriu um par de patins em casa, superou todas as barreiras ao longo do seu percurso, sobretudo a falta de apoios. No entanto, agora chegou a altura de arrumar os patins e dedicar-se à Arquitectura. Mas antes do o fazer definitivamente, Chapouto rumou a Itália para participar, por convite, numa exibição internacional que reuniu, há duas semanas, os melhores do mundo. Aproveitando ao máximo os últimos dias em ringue, Chapouto voltou a explicar o motivo que o levou a colocar um ponto final na patinagem ainda tão jovem: “Dado o actual contexto socio-económico em que a patinagem tem pouco apoio, e tendo em conta que se trata de uma modalidade muito exigente, em que para se ser campeão é preciso muito tempo e muito dinheiro, decidi terminar a carreira”.

A partir de agora, com um estágio na autarquia de Matosinhos após o exame na ordem, Hugo Chapouto está prestes a tornar-se Arquitecto a tempo inteiro. Concluiu o grau de Mestre pela Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto.

Um palmarés de se lhe tirar o chapéu termina, após 18 anos de actividade, em grande para se dedicar à Arquitectura e ao treino de jovens patinadores.

– De que mais gosta na Universidade do Porto?

Da cultura estudantil e da sabedoria. Muito me honra em ter estudado nesta Universidade.

– De que menos gosta na Universidade do Porto?

Como na sociedade em geral, da falta de transparência!

– Uma ideia para melhorar a Universidade do Porto?

Favorecer o intercâmbio de pessoal (estudantes, docentes e não docentes) dentro da própria Universidade.

– Como prefere passar os tempos livres?

Com os amigos a cozinhar!

– Um livro preferido?

“O caminho menos percorrido”, M.Scott Peck.

– Uma música preferida?

“Cavaleio Andante”, Rui Veloso

– Um prato preferido?

Bacalhau.

– Um filme preferido?

“Dancer in the Dark”, Lars von Trier.

-Uma viagem de sonho (realizada ou por realizar)?

New York.

– Uma inspiração? (pessoa, livro, situação…)

“Sofremos muito pelo pouco que nos falta e alegramo-nos pouco pelo muito que possuímos!”

– Uma experiência de vida marcante?

Ter ido de Erasmus para Barcelona.

– Uma experiência marcante de que tenha memória, relativamente à passagem pela Universidade do Porto?

Uma reunião na Faculdade de Arquitectura da U.Porto, como responsável pelo departamento pedagógico da AEFAUP, com o actual Reitor, aquando da sua campanha eleitoral.

Publicado in http://noticias.up.pt/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here