1284
0
COMPARTILHAR
Inicio Do Porto Cameron Boedl...

Cameron Boedler: um brasileiro em pistas portuguesas

Cameron Boedler: um brasileiro em pistas portuguesas

0
1284

O CAPACETE de elmo com asas, por ser tão diferente, chama atenção nas pistas portuguesas desde final de 2013. Mas afinal quem é o miúdo que o usa? Cameron Amorim Boedler nasceu em São Paulo, filho de mãe brasileira e de pai alemão. Começou no karting aos 6 anos, por influência do pai. Aos 7, iniciou-se nas competições. Andava entre os TOP5 nos diversos campeonatos e categorias que participava, porém a sua natureza introspetiva não lhe permitira conquistar campeonatos. Com o passar do tempo, e mais maturidade, foi tomando verdadeiro gosto pelo desporto, e em 2013 mostrou mudanças significativas nas pistas, tanto brasileiras quanto portuguesas.

Por motivos profissionais, a família fixou-se no Porto no meio do ano (2013), e foi então que Cameron começou a mostrar para o que veio. Em Braga, na sua 1.ª prova – a Taça de Portugal – com poucos dias de treino numa pista nunca antes percorrida, Cameron finalizou como 3.º classificado na categoria Juvenil, dando-lhe a honra de fazer parte da Gala dos Campeões no fim do ano. Na 2.ª prova em Bombarral, no mês de novembro, pista igualmente desconhecida, finalizou como 2.º classificado. E no mês seguinte, sagrou-se campeão da Taça Bridgestone, novamente em Braga.

Mas 2014 não será um ano fácil. Cameron completou 12 anos em março e ingressou na categoria Júnior. Apesar de já se ter consagrado campeão da Rok Cup 2014 neste inverno, as próximas corridas do calendário serão altamente competitivas, com adversários familiarizados com provas internacionais. A sua meta é estar sempre entre os TOP5, pois trata-se de um ano de aprendizagem.

Com o apoio e preparação dos consagrados Norberto e Nuno Martins, o mais recente piloto da Norma corre pela bandeira portuguesa em chassis TonyKart, e fará o Campeonato Nacional de Karting, o Troféu Regional de Karting do Oeste, a Taça Nacional de Karting, e a Taça Bridgestone, totalizando 12 provas ao longo de 2014. Vale a pena acompanhar a trajetória deste miúdo alado.

Texto do Correio do Porto e fotografia de Lourenço José.

Partilha

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here